menú responsive
AMÉRICA | Aire
-/5 | 0 votos

5% das vendas

Nacionalização do trem de pouso do T-27 Tucano rende royalties para a Força Aérea

CELOG Royalties

09/03/2012

(Infodefensa.com) Brasilia - O Centro Logístico da Aeronáutica (CELOG) recebeu da empresa GEOMETRA um cheque referente aos royalties do desenvolvimento do trem de pouso da aeronave T-27 TUCANO. A peça, desenvolvida pela unidade da Força Aérea Brasileira (FAB), foi objeto de estudos e pesquisas por dois anos e hoje é produzida em larga escala para manutenção das aeronaves de todo o mundo.

Os royalties equivalem a até 5% das vendas realizadas pela empresa e serão recolhidos ao tesouro para posteriormente serem orçamentados em favor do CELOG, como investimento em novas pesquisas.

A nacionalização de peças aeronáuticas é uma importante atividade desenvolvida pelo CELOG e consiste no desenvolvimento de peças já existentes e que são importadas para a manutenção de aeronaves no Brasil. No caso do trem de pouso do T-27, entretanto, o CELOG desenvolveu uma peça diferenciada, mais resistente e moderna. De acordo com o Diretor Presidente da GEOMETRA, Graciliano Campos, este

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje