AMÉRICA | Seguridad
-/5 | 0 votos

0

0

0

0

Através de Synergy Aerospace

Polícia Federal do Brasil adquiriu um helicóptero Agusta Westland AW139

19/06/2012

(Infodefensa.com) R. Caiafa, Sao Paulo – O Departamento de Polícia Federal adquiriu recentemente um helicóptero Agusta Westland AW139 através de contrato assinado com a empresa Synergy Aerospace Corporation, cujo valor anunciado é de R$ 28.999.945,48. A Synergy é representante oficial da AgustaWestland no Brasil.

Com previsão de recebimento da nova aeronave marcada para 2013, a Polícia Federal do Brasil será a primeira polícia do país a operar o AW139. O modelo tem carga útil de 3 mil kg, sendo equipado com dois motores turbo-eixo Pratt & Whitney Canada PT6C-67C de 1, 142 kW (1, 531 hp) e será entregue configurado para transporte de equipes policiais, equipamentos e cargas específicas, bem como preparado para a realização de vôos VFR (Visual Flight Rules) e IFR (Instruments Flight Rules) sendo que a aeronave, no momento de seu recebimento definitivo, deverá estar compatível com as exigências da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para operação no Brasil.

Segundo a Agusta Westland, o AW 139 é representante de uma nova geração de helicópteros biturbina médios e incorpora novos padrões da sua classe, cumprindo plenamente os mais recentes requisitos de certificação em termos de desempenho e segurança.

A Polícia Federal do Brasil conta atualmente com uma variada frota. Consta no inventário da corporação, helicópteros Helibras AS 350B2 Esquilo (2), Helibras AS355N Esquilo (2), Bell 412 (2), bem como aeronaves de asas fixas Embraer ERJ-145 (2, sendo um usado compartilhadamente com a Força Nacional de Segurança Pública), Cessna Caravan 208B (2, sendo que estão em andamento negociações para compra de mais uma unidade), Neiva NE-821 Carajá (1) e Beechcraft King Air (1).

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje