AMÉRICA | Tierra
-/5 | 0 votos

0

0

0

0

Sistema de Comunicações Táticas

SELEX Elsag e o Exército Brasileiro assinam contrato para a conclusão da atualização do SISTAC

22/06/2012

(Infodefensa.com) R. Caiafa, Sao Paulo - A SELEX Elsag, uma empresa do grupo Finmeccanica, assinou um contrato com o Exército Brasileiro para concluir a atualização do sistema de comunicações táticas SISTAC. Este contrato segue e completa aquele assinado no início de 2011, para um investimento total de mais de 5 milhões de euros e uma extensão de garantia para 3 anos. As atividades de atualização serão concluídas no início de 2013.

O SISTAC é um sistema de comunicações táticas baseado em cabines shelter, que está implantado na região sob a jurisdição do Comando Militar do Sul para fornecer suporte à 3 ª Divisão do Exército Brasileiro.

Operando desde 1998, utilizado pelo 1º Batalhão de Comunicações de Santo Ângelo, no estado do Rio Grande do Sul, o SISTAC foi o primeiro sistema deste tipo a ser adquirido pelas Forças Armadas Brasileiras. Trata-se de uma rede integrada de comunicação digital multi-serviços, capaz de fornecer serviços de voz e dados, em claro e criptografados, e também a interface com redes externas e com sistemas de rádio convencionais. Com a atualização completa, a versão modernizada do sistema poderá contar com rádio enlaces digitais de última geração, roteadores switch multi-serviços, encriptadores e um avançado sistema de gerenciamento de rede.

Todos estes elementos vão permitir uma arquitetura "dat a-focused", que é um primeiro, mas importante passo no processo de implementação das chamadas "Network-Enabled Capabilities" do Exército brasileiro.

Neste sentido, o General Antonino dos Santos Guerra Neto, Comandante do Centro de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército Brasileiro (CCOMGEX), afirma que: "A implementação da 2ª fase da revitalização (upgrade) do Sistema Tático de Comunicações da 3ª Divisão de Exército (SISTAC/3ª DE) é o reflexo de um processo contínuo de adequação tecnológica e de investimentos na Área de Comando e Controle (C2), necessários para se elevar ao "Estado da Arte" as Comunicações do Exército Brasileiro."

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje