AMÉRICA | Defensa
-/5 | 0 votos

0

0

0

0

Diálogo de Estratégia de Defesa

Brasil e Coréia do Sul selaram um inédito acordo de cooperação tecnológica

07/08/2012

(Infodefensa.com) R. Caiafa, Sao Paulo - Autoridades na área de Defesa dos governos do Brasil e da Coréia do Sul se reuniram em Brasília onde selaram um inédito acordo de cooperação "Diálogo de Estratégia de Defesa Brasil-Coréia".

Além da temática regional que envolve a península coreana e o hermético governo comunista da Coréia do Norte, por parte dos sul coreanos, e a discussão da recomposição do cenário político atual na América do Sul causada pela reorganização da economia do continente, por parte dos brasileiros, esta rodada de troca de informações pelos dois países envolveram outros aspectos, especialmente na área de cooperação tecnológica em Defesa.

O vice-ministro de Defesa da Coréia do Sul, Lim Kwan-bin, representou o país asiático durante as conversações, enquanto por parte de Brasil quem atuou foi Carlos Augusto de Sousa, chefe de assuntos estratégicos do Ministério da Defesa. Os sul coreanos já possuem algumas tecnologias e capacidades industriais que são metas da Estratégia Nacional de Defesa (END) brasileira, como o domínio de todo o ciclo produtivo de equipamentos bélicos e do conhecimento tecnológico envolvido.

A Korean Aerospace, por exemplo, desenvolveu e fabrica o jato de treinamento avançado KAI T-50 Golden Eagle, um tipo de aeronave que o Brasil deixou de possuir com a aposentadoria dos seus vetustos jatos de treinamento Xavante AT-26 (Macchi). O programa de compra de um novo avião de combate de 1ª linha para a Força Aérea Brasileira, o FX-2, certamente incluirá em sua execução a aquisição ou o desenvolvimento de um novo treinador avançado, o chamado "lead in flight trainer", ou LIFT. Essa cooperação das indústrias aeroespaciais KAI e Embraer poderia ser extremamente vantajosa para ambos. Isso para ficar apenas em um dos possíveis cenários de cooperação, existem outros interesses como construção naval, veículos blindados, sistemas eletrônicos de detecção e vigilância, motores aeronáuticos, etc.

O "Diálogo de Estratégia de Defesa Coréia-Brasil", se reunirá periodicamente, e representantes de ambas as partes também abordarão diversos temas relativos à seguridade regional.Este é um novo passo no relacionamento entre Brasil e Coréia, anteriormente mais centrado em questões econômicas, como prova o recente estabelecimento bilateral de zonas de livre comércio entre as duas nações.

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje