AMÉRICA | Empresas
-/5 | 0 votos

0

0

0

0

25 milhões dólares

A Ares, uma empresa subsidiária da Elbit Systems vai fornecer estações de armas para o Exército Brasileiro

24/10/2012

(Infodefensa.com) Haifa – A Ares (Ares Aeroespacial e Defesa SA), uma subsidiária da Elbit Systems de Israel, foi adjudicada com um contrato para fornecer estações de armas remotamente controladas (RCWs, por sua sigla em Inglês) para o Exército Brasileiro, no valor de US $ 25 milhões.

Atualmente em desenvolvimento pela Ares, as torres REMAX deverão ser entregue em dois anos. Os sistemas foram projetados especificamente para o Exército Brasileiro e seus requisitos para emprego na VBTP-MR Guarani, veículo blindado sobre rodas 6x6 desenvolvido pela IVECO, e até o presente momento, esta estação de armas tem sido testadas com resultados satisfatórios.

A REMAX é uma estação estabilizada dotada  de metralhadora calibre 12,7 mm ou 7,62 mm, e preparada para a instalação em veículos de transporte de tropas blindados e plataformas, tais como veículos blindados utilizados na logística de combate, missões de patrulha de fronteiras e manutenção da paz.

Esta adjudicação é a segunda em cerca de um mês outorgada a Elbit Systems no Brasil, em setembro, a sua subsidiária brasileira AEL Sistemas também foi confirmada como a responsável pela produção e entrega de torres não tripuladas UT30BR equipadas com canhão de 30 mm para o Exército Brasileiro por um valor de 15 milhões de dólares.

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje