AMÉRICA | Tierra
-/5 | 0 votos

0

0

0

0

36 viaturas blindadas

Exército concede autorização de pagamento antecipado para Obuseiro Autopropulsado M109 A5

27/03/2013

(Infodefensa.com) R. Caiafa, Sao Paulo - Foi divulgado no Despacho Decisório Nº 039/2013, emitido pelo Gabinete do Comandante do Exército e que concede autorização de pagamento antecipado visando assegurar a aquisição de um lote de 36 viaturas blindadas de combate obuseiro auto propulsado VBCOAP M109 A5 155 mm junto ao Governo dos Estados Unidos via Foreign Military Sales (FMS), segundo RECOP - Boletim do Exército nº 12, de 22 de março de 2013.

Foi determinado ao Comando Logístico, através de processo datado em 27 de fevereiro, que efetue o pagamento antecipado, de forma parcelada, referente à Carta de Oferta e Aceitação do processo BR-B-IAJ (Letter of Offer and Acceptance LOA BR-B-IAJ), já ouvida a Secretaria de Economia e Finanças da Força.

Desta forma, foi liberado em caráter excepcional, o valor de US$ 399.615,00 (trezentos e noventa e nove mil, seiscentos e quinze dólares americanos), referentes à LOA do processo BR-B-IAJ.

A modernização dos 37 M-109A3 existentes e a compra de mais 36 M-109A5 foram definidas dentro do Projeto Estratégico do Exército (PEE) “Recuperação da Capacidade Operacional” ou RECOP. Em junho de 2012 foi divulgado pelo EB a decisão de compra, e em agosto um equipe de militares foi enviada ao Estados Unidos para selecionar 36 carros dentre os disponíveis e preparar a catalogação de ferramental, peças, sobressalentes e demais itens associados ao M-109A5 a serem despachados para o Brasil.

Em fevereiro deste ano, veio a público a intenção de modernização dos 37 VBCOAP M-109A3 155 mm em carga no Exército Brasileiro, contrato a ser executado, caso aprovado, pela israelense Israel Military Industries (IMI). A empresa enviou naquela ocasião técnicos as instalações do 15º Grupo de Artilharia de Campanha Auto Propulsado, sediado na cidade de Lapa, no Paraná, para avaliar a implantação de um programa de revisão geral e modernização dos SPG M-109A3 que utiliza, de forma a torná-los compatíveis com os M-109A5 ora adquiridos de 2ª mão nos Estados Unidos. Estes trabalhos devem ser estendidos as outras unidades que utilizam o carro, os 16º e 29º Grupos de Artilharia de Campanha Auto Propulsado, respectivamente baseados em São Leopoldo e Cruz Alta (RS).

Os “novos” M-109A5 deverão ser submetidos a trabalhos de revisão geral e upgrade de alguns sistemas, de modo a convertê-los para o padrão Plus. Essas revitalizações, dentre outros itens, incluem um novo sistema automático de controle de tiro (Automatic Fire Control System – AFCS), adoção de GPS embarcado, permitindo navegar com precisão (localização geográfica) calcular dados e aumentar a cadência de tiro, além de uma maior rapidez na saída de posição; a instalação de navegador inercial; trava automática do tubo para deslocamentos não operacionais; sistema de medida de velocidade inicial (Vo); determinação de posicionamento de navegação; adoção de lagartas T-154 e também um novo sistema de comunicações (AN/VIC-1 e AN/VIC-3 Intercom System).

36 viaturas blindadas

Exército concede autorização de pagamento antecipado para Obuseiro Autopropulsado M109 A5

(Infodefensa.com) R. Caiafa, Sao Paulo - Foi divulgado no Despacho Decisório Nº 039/2013, emitido pelo Gabinete do Comandante do Exército e que concede autorização de pagamento antecipado visando assegurar a aquisição de um lote de 36 viaturas blindadas de combate obuseiro auto propulsado VBCOAP M109 A5 155 mm junto ao Governo dos Estados Unidos via Foreign Military Sales (FMS), segundo RECOP - Boletim do Exército nº 12, de 22 de março de 2013.

Foi determinado ao Comando Logístico, através de processo datado em 27 de fevereiro, que efetue o pagamento antecipado, de forma parcelada, referente à Carta de Oferta e Aceitação do processo BR-B-IAJ (Letter of Offer and Acceptance LOA BR-B-IAJ), já ouvida a Secretaria de Economia e Finanças da Força. Desta forma, foi liberado em caráter excepcional, o valor de US$ 399.615,00 (trezentos e noventa e nove mil, seiscentos e quinze dólares americanos), referentes à LOA do processo BR-B-IAJ.

A modernização dos 37 M-109A3 existentes e a compra de mais 36 M-109A5 foram definidas dentro do Projeto Estratégico do Exército (PEE) “Recuperação da Capacidade Operacional” ou RECOP. Em junho de 2012 foi divulgado pelo EB a decisão de compra, e em agosto um equipe de militares foi enviada ao Estados Unidos para selecionar 36 carros dentre os disponíveis e preparar a catalogação de ferramental, peças, sobressalentes e demais itens associados ao M-109A5 a serem despachados para o Brasil.

Em fevereiro deste ano, veio a público a intenção de modernização dos 37 VBCOAP M-109A3 155 mm em carga no Exército Brasileiro, contrato a ser executado, caso aprovado, pela israelense Israel Military Industries (IMI). A empresa enviou naquela ocasião técnicos as instalações do 15º Grupo de Artilharia de Campanha Auto Propulsado, sediado na cidade de Lapa, no Paraná, para avaliar a implantação de um programa de revisão geral e modernização dos SPG M-109A3 que utiliza, de forma a torná-los compatíveis com os M-109A5 ora adquiridos de 2ª mão nos Estados Unidos. Estes trabalhos devem ser estendidos as outras unidades que utilizam o carro, os 16º e 29º Grupos de Artilharia de Campanha Auto Propulsado, respectivamente baseados em São Leopoldo e Cruz Alta (RS).

Os “novos” M-109A5 deverão ser submetidos a trabalhos de revisão geral e upgrade de alguns sistemas, de modo a convertê-los para o padrão Plus. Essas revitalizações, dentre outros itens, incluem um novo sistema automático de controle de tiro (Automatic Fire Control System – AFCS), adoção de GPS embarcado, permitindo navegar com precisão (localização geográfica) calcular dados e aumentar a cadência de tiro, além de uma maior rapidez na saída de posição; a instalação de navegador inercial; trava automática do tubo para deslocamentos não operacionais; sistema de medida de velocidade inicial (Vo); determinação de posicionamento de navegação; adoção de lagartas T-154 e também um novo sistema de comunicações (AN/VIC-1 e AN/VIC-3 Intercom System).

36 viaturas blindadas

Exército concede autorização de pagamento antecipado para Obuseiro Autopropulsado M109 A5

(Infodefensa.com) R. Caiafa, Sao Paulo - Foi divulgado no Despacho Decisório Nº 039/2013, emitido pelo Gabinete do Comandante do Exército e que concede autorização de pagamento antecipado visando assegurar a aquisição de um lote de 36 viaturas blindadas de combate obuseiro auto propulsado VBCOAP M109 A5 155 mm junto ao Governo dos Estados Unidos via Foreign Military Sales (FMS), segundo RECOP - Boletim do Exército nº 12, de 22 de março de 2013.

Foi determinado ao Comando Logístico, através de processo datado em 27 de fevereiro, que efetue o pagamento antecipado, de forma parcelada, referente à Carta de Oferta e Aceitação do processo BR-B-IAJ (Letter of Offer and Acceptance LOA BR-B-IAJ), já ouvida a Secretaria de Economia e Finanças da Força. Desta forma, foi liberado em caráter excepcional, o valor de US$ 399.615,00 (trezentos e noventa e nove mil, seiscentos e quinze dólares americanos), referentes à LOA do processo BR-B-IAJ.

A modernização dos 37 M-109A3 existentes e a compra de mais 36 M-109A5 foram definidas dentro do Projeto Estratégico do Exército (PEE) “Recuperação da Capacidade Operacional” ou RECOP. Em junho de 2012 foi divulgado pelo EB a decisão de compra, e em agosto um equipe de militares foi enviada ao Estados Unidos para selecionar 36 carros dentre os disponíveis e preparar a catalogação de ferramental, peças, sobressalentes e demais itens associados ao M-109A5 a serem despachados para o Brasil.

Em fevereiro deste ano, veio a público a intenção de modernização dos 37 VBCOAP M-109A3 155 mm em carga no Exército Brasileiro, contrato a ser executado, caso aprovado, pela israelense Israel Military Industries (IMI). A empresa enviou naquela ocasião técnicos as instalações do 15º Grupo de Artilharia de Campanha Auto Propulsado, sediado na cidade de Lapa, no Paraná, para avaliar a implantação de um programa de revisão geral e modernização dos SPG M-109A3 que utiliza, de forma a torná-los compatíveis com os M-109A5 ora adquiridos de 2ª mão nos Estados Unidos. Estes trabalhos devem ser estendidos as outras unidades que utilizam o carro, os 16º e 29º Grupos de Artilharia de Campanha Auto Propulsado, respectivamente baseados em São Leopoldo e Cruz Alta (RS).

Os “novos” M-109A5 deverão ser submetidos a trabalhos de revisão geral e upgrade de alguns sistemas, de modo a convertê-los para o padrão Plus. Essas revitalizações, dentre outros itens, incluem um novo sistema automático de controle de tiro (Automatic Fire Control System – AFCS), adoção de GPS embarcado, permitindo navegar com precisão (localização geográfica) calcular dados e aumentar a cadência de tiro, além de uma maior rapidez na saída de posição; a instalação de navegador inercial; trava automática do tubo para deslocamentos não operacionais; sistema de medida de velocidade inicial (Vo); determinação de posicionamento de navegação; adoção de lagartas T-154 e também um novo sistema de comunicações (AN/VIC-1 e AN/VIC-3 Intercom System).

 

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje