AMÉRICA | Empresas
-/5 | 0 votos

0

0

0

0

Laços tecnológicos

Embraer e Israel Aerospace Industries discutem cooperação

06/05/2013

(Infodefensa.com) R. Caiafa, Sao Paulo - A Embraer Defesa e Segurança (EDS) e a Israel Aerospace Industries (IAI) podem juntar forças na exploração do mercado de plataformas aéreas destinadas a missões especiais. A informação partiu de uma fonte israelense e as discussões em torno dessa possibilidade surgem principalmente em função das demandas existentes no Brasil e em outras nações latino-americanas. A possibilidade de ampliação da cooperação entre EDS e IAI nessa área ocorre no momento em que as duas corporações estreitam laços tecnológicos por força do programa de modernização dos aviões de combate AF-1 (A-4K/KU Skyhawk) da Marinha do Brasil (MB) e da aproximação da IAI com a indústria brasileira em função do já definido programa KC-X2. Com ralação aos AF-1 da MB, a divisão Elta Systems da IAI fornecerá os novos radares de controle de fogo multi-modo pulso-Doppler EL/M-2032 e a matriz esta executando o overhaul dos motores Pratt & Whitney J52-P408.

Nos últimos anos a Elta vem aumentando a variedade de plataformas desenvolvidas para missões especiais, entre as quais figuram o alerta antecipado e controle (AEW&C), inteligência eletrônica (ELINT), vigilância terrestre e patrulha marítima. No portfólio de desenvolvimento de plataformas AEW&C consta a instalação de sistemas em aeronaves Boeing 707, Gulfstream G550 e Ilyushin Il-76, e mais recentemente, trabalha-se na proposta de adaptação de aviões C-295 para AEW&C em colaboração com a Airbus Military. A Força Aérea da Itália encomendou em 2012 duas plataformas AEW&C baseadas nos G550. Um acordo de cooperação foi acertado com a Bombardier, o qual permite que a Elta ofereça o desenvolvimento de uma plataforma para patrulhamento marítimo baseada no turboélice comercial Q400 e outra para missões especiais e seus derivativos baseadas no jato executivo Global 5000. A companhia israelense pode conceber também plataformas para missões especiais em aeronaves de maior porte, entre elas, o Boeing 737.

A EDS por sua vez, acumulou experiência em plataformas AEW&C, ISR (inteligência, Vigilância e Reconhecimento) e MP (Patrulha Marítima) fornecendo aeronaves para a Força Aérea Brasileira (FAB) e clientes de exportação (Grécia, México, e mais recentemente, Índia). A empresa prepara agora a modernização dos E-99 da FAB. Ao mesmo tempo, passa a oferecer as configurações AEW, MP e ISR também baseadas nas plataformas Legacy, Phenom e E-Jets.

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje