AMÉRICA | Empresas
-/5 | 0 votos

0

0

0

0

Savis e Orbisat

Consórcio Tepro seleciona fornecedores de subsistemas para o Projeto Sisfron

10/05/2013

(Infodefensa.com) São Paulo - O Consórcio Tepro, contratado para executar a implantação e a integração do Projeto Sisfron (Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras) concluiu a seleção dos principais fornecedores dos subsistemas de Sensores de Sinais Eletromagnéticos, Comunicações Táticas, Optrônicos e Infraestrutura. O Consórcio Tepro é formado por Savis Tecnologia e Sistemas e Orbisat Indústria e Aerolevantamento, empresas controladas pela Embraer Defesa & Segurança.

Foram selecionadas as seguintes empresas brasileiras: Stemac, fabricante de geradores; CM Comandos, fabricante de no-breaks; Enecol e Casa da Floresta, responsáveis respectivamente pela infraestrutura civil e gestão ambiental requeridas para compor os principais equipamentos e serviços relacionados ao subsistema de Infraestrutura; e RFCom, pioneira no desenvolvimento e fabricação de shelteres militares no Brasil, para fornecimento deste tipo de equipamento móvel que será utilizado pelos diversos subsistemas do projeto.

Entre as empresas contratadas também estão a Medav, que fornecerá o sistema de sensores de sinais eletromagnéticos em conjunto com a Orbisat, a Harris, que ficará responsável pelos rádios táticos, e a AEL International, para fornecimento dos optrônicos. O Exército Brasileiro concluiu as negociações de Compensação Comercial, Industrial e Tecnológica (offset), que teve como resultado trazer para o Brasil uma quantidade significativa de investimentos em linhas de produção, desenvolvimento tecnológico e capacitação para os produtos que serão implantados na primeira fase do projeto.

Em paralelo às atividades de seleção de fornecedores e de definição dos elementos-base para a elaboração dos projetos executivos dos diversos subsistemas, foi realizado o reconhecimento técnico de todas as organizações militares abrangidas por esta fase, além da primeira parte da pesquisa de campo dos pontos onde serão instaladas torres para o subsistema de Comunicações Estratégicas, que compreende a implantação de uma rede de comunicações (backbone).

O andamento das atividades ora em execução está em estrita conformidade com o cronograma definido e o contrato firmado junto ao Exército Brasileiro.

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje