AMÉRICA | Empresas
-/5 | 0 votos

0

0

0

0

Ensaios realizados na Academia da Força Aérea

Flight Technologies participa da Operação DPA 4 do Projeto DPA-VANT

20/05/2013

(Infodefensa.com) Sao Paulo – A Flight Technologies, empresa instalada no Parque Tecnológico - São José dos Campos, participou, nos dia 19, 20 e 21 abril, da Operação DPA 4, primeira fase dos ensaios de controle automático no solo do Projeto DPA-VANT,  coordenado pelo Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA). Nessa primeira fase, realizada nas dependências da Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga (SP), foi  executado o controle automático da aeronave no solo com a verificação e validação das estratégias de controle direcional, a fim de manter o alinhamento da aeronave com o eixo longitudinal da pista durante taxiamento e corrida.

Dentro do projeto, a Flight Technologies é responsável pelo desenvolvimento das leis de guiamento, piloto automático e controle de voo e implementação dos respectivos softwares embarcados, apoio no planejamento e na condução das campanhas de ensaios em voo. O projeto conta ainda com a participação do Centro Tecnológico do Exército (CTEx) e Instituto de Pesquisas da Marinha (IPqM).

"Essa é uma etapa fundamental para atingir o objetivo de decolagem automática do veículo aéreo e foi comprovado com sucesso através de 12 corridas ao longo da pista", revela o diretor executivo da empresa, Ramiro Brasil, destacando que a Flight Technologies participou dos ensaios com quatro profissionais, dentre pilotos e engenheiros.

"O controle automático no solo do VANT Acauã, realizado durante a Operação DPA 4, foi um marco muito importante no desenvolvimento do Projeto DPA-VANT. A participação da Flight Technologies no projeto, com a concepção dos algoritmos e o ajuste dos ganhos das malhas de controle, foi fundamental para alcançarmos este marco com sucesso", afirmou Flavio Araripe, coordenador do Projeto DPA/VANT.

O  Projeto DPA-VANT visa o desenvolvimento de tecnologias avançadas que deverão viabilizar o pouso e a decolagem automática de  VANTs (Veículos Aéreos Não Tripulados) e conta com o investimento de R$ 4,5 milhões, financiados pela FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos). Gerenciado pelo Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), em São José dos Campos, o projeto conta com o apoio do Ministério da Defesa e a participação do Centro Tecnológico do Exército (CTEx) e do Instituto de Pesquisas da Marinha (IPqM).

rc/ceh

Fotos: Cap Eng José Márcio Pereira Figueira (IPEV), Cap QEM Eduardo Bento Guerra (CTEx) e Téc José Ângelo de Aquino (AIE)

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje