menú responsive
AMÉRICA |
-/5 | 0 votos

REPORTAJE

Thales Alenia Space, proposta para o satélite brasileiro

TAS 1

12/06/2013

(Infodefensa.com) R. Caiafa, Roma - O Decreto Presidencial Nº 7.769, de 28 de junho de 2012, estabeleceu as linhas básicas de gestão, planejamento, monitoramento, construção e lançamento do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), e da implantação da sua infraestrutura de solo no Brasil. Este programa, considerado estratégico pelo governo brasileiro, envolve a participação do Ministério da Defesa, Ministério das Comunicações, Telecomunicações Brasileiras S.A (Telebrás), a Agência Espacial Brasileira (AEB) e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). O SGDC, quando no espaço, irá operar tanto na banda Ka como na banda X. Na banda Ka, usada para comunicação de dados pela Telebrás, serão disponibilizados 39 spots de 450 km e 10 spots de 900 km de cobertura. A parte de comunicação do satélite terá capacidade de 100 Gbps (gigabytes por segundo). Já a banda X é uma faixa de frequência (SHF - 8 a 12 GHz) para

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje