AMÉRICA | Empresas
-/5 | 0 votos

0

0

0

0

174 milhões de reais

A suíça Avio International vai produzir aviões e helicópteros em cidade da região sul do Brasil

29/07/2013

(Infodefensa.com) Maringá, Brasil - O prefeito Roberto Pupin esteve com o governador do Paraná, Beto Richa, em Curitiba, capital do Estado do Paraná, para assinatura de protocolo de intenções com a Avio International Group Holding, fabricante de aviões e helicópteros. A empresa suíça vai instalar uma indústria em Maringá com investimentos de R$ 174 milhões, criando mais de mil empregos diretos. A empresa pretende fabricar 600 helicópteros Twinpower SK-1 (de dois lugares) e 200 aviões F 22 Pinguino (modelo acrobático, mas que pode ter uso civil e militar). Os mercados prioritários para venda são, além da América Latina, Canadá, EUA e Europa.

“Escolhemos Maringá pela infraestrutura que oferece e pela pouca burocracia governamental que encontramos”, contou o presidente da Avio, Luigino Fiocco. “Já escolhemos a área inicial para a construção. Este ano iremos focar na análise da topografia do terreno e em questões técnicas, ligadas à engenharia e logística. No cronograma as obras devem começar de fato no ano que vem e, em 2015, a fabricação dos aviões e helicópteros será iniciada.” A empresa vai se instalar em uma área de 90 mil m2 no entorno do aeroporto internacional de Maringá.

Em recente reunião entre autoridades estaduais e municipais, foi definida a cidade de Maringá como o local para a instalação do polo aeronáutico e de defesa no Estado, e a Avio faz parte desse projeto. “Nossa cidade tem todas as condições necessárias para receber indústrias e empresas de diferentes áreas que desejam investir no Brasil e no Paraná. Estamos preparados com a infraestrutura necessária”, disse Pupin, referindo-se ao Parque Cidade Industrial. A Prefeitura já reservou uma área no Tecnoparque do novo Parque Cidade Industrial para a instalação do Lactec e do Tecpar que poderão fazer a certificação e os ensaios dos materiais. Além disso, a Unicesumar e a UEM negociam parceria com o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), a abertura de cursos da área já no ano que vem.

rc/avs

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje