AMÉRICA | Empresas
-/5 | 0 votos

0

0

0

0

R$ 900 milhões

Avibras assina um contrato de venda do Astros II MK 6 para Indonésia

30/09/2013

(Infodefensa.com) Sao Paulo - A Avibrás Indústria Aeroespacial, de São José dos Campos, foi contemplada com um contrato avaliado em R$ 900 milhões para fornecer lançadores de foguetes superfície-superfície Astros II MK6. O acordo lista o fornecimento de 36 veículos lançadores sobre rodas, bem como de viaturas utilizadas como centrais de comunicação, comando e controle e radar de coordenação e meteorologia.

As entregas, realizadas em etapas, devem terminar em 2016. O sistema Astros II Mk6 utiliza os foguetes da família AV, com alcances entre nove e 100 km. Os modelos maiores, os AV-SS-60 e AV-SS-80, podem receber ogivas múltiplas, levando até 70 pequenas granadas que são dispersas sobre o alvo. Os sistemas vendidos para a Indonésia serão entregues com pesada carga eletrônica e isso permitirá a futura incorporação da nova munição inteligente que passa atualmente por um processo de certificação no Brasil.

O ministro da Defesa, Celso Amorim, destacou que a Indonésia tem grande importância no contexto mundial e tem sido um parceiro do Brasil, inclusive recentemente comprou 16 aviões Super Tucano da Embraer Defesa e Segurança (EDS) configurados para cumprir missões de ataque leve, vigilância eletrônica e apoio à tropa terrestre.

Por outro lado, Sami Hassuani, presidente da Avibras, acredita que o relacionamento com o novo cliente será longo, devendo se estender por um período de 30 anos. Para apoiar o contrato, a empresa instalou um posto técnico avançado na capital indonésia. É o segundo escritório da empresa na região. O primeiro foi aberto em Kuala Lumpur, na Malásia, onde o Astros esta operando desde 2010. A encomenda do exército malaio alcançou os R$ 500 milhões.

AV-TM 300 disparado durante exercício

O Exército Brasileiro (EB) empregou, de forma simulada, durante a Operação Laçador 2013, o míssil de cruzeiro superfície-superfície AV-TM 300, cujo alcance útil é da ordem de 300 km. Desenvolvido sob a liderança da Avibras Aeroespacial no âmbito do projeto Astros 2020, a arma é uma das prioridades do processo de modernização do Exército Brasileiro.

O AV-TM é um programa 100% nacional, tecnologicamente independente e de propriedade intelectual do EB. A primeira entrega esta prevista para acontecer em 2016. O AV-TM 300 será disponibilizado em duas versões. A primeira terá cabeça de guerra auto-explosiva (AE) carregada com 109 kg de auto explosivo, e a segunda empregará uma versão municiada com mais de 60 submunições anti-carro de 70 mm.

rc/avs

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje