AMÉRICA | Tierra
-/5 | 0 votos

0

0

0

0

Pesquisa e desenvolvimento

Exército Brasileiro e Mectron assinam contrato para Rádio Definido por Software de Defesa

22/10/2013

(Infodefensa.com) São Paulo - O Centro Tecnológico do Exército (CTEx) assinou contrato de pesquisa e desenvolvimento do Módulo de Alimentação (MA) e dos Front-Ends do Módulo de Radiofrequência do Projeto Rádio Definido por Software de Defesa (RDS) com a MECTRON Engenharia, Indústria e Comércio S.A, empresa pertencente ao grupo Odebrecht. Participaram do evento, o chefe do CTEx, general-de-brigada Claudio Duarte de Moraes, o diretor-presidente da MECTRON, Gustavo Hassum Ramos, e demais integrantes das duas organizações.

A assinatura do contrato inicia uma série de atividades que contribuirão para a construção de parte do hardware dos protótipos do RDS, os quais serão capazes de operar em três níveis de potência nas faixas de frequência de HF, VHF e UHF. Parte significativa da fase de Projeto e Desenvolvimento (P&D) do RDS será realizada no próprio CTEx, onde foi instalado o Núcleo de Inovação e Pesquisa em Comunicações Aplicadas à Defesa (NIPCAD), o qual contém modernos laboratórios de hardware e software.

Participam do projeto RDS, várias Instituições de Ciência e Tecnologia militares, tais como o Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), Instituto de Estudos Avançados (IAE), esses dois primeiros subordinados ao Comando da Aeronáutica (COMAER), Instituto de Pesquisa da Marinha (IPqM) e Centro de Análise de Sistemas Navais (CASNAV), bem como um contingente de 40 engenheiros das três Forças. Integram, ainda, o projeto cerca de 20 profissionais do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD) do governo brasileiro que atuam em sua sede na cidade de Campinas, interior do estado de São Paulo.

rc/avs

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje