menú responsive
AMÉRICA | Defensa
-/5 | 0 votos

Um documento de 2015 e advertiu de anulação de fundos

Brasil cancela a Pantsir

Pantsir Plinio Lins

14/02/2017 | São Paulo

Roberto Caiafa

Em outubro de 2015, um documento publicado no Diário Oficial da União (publicação do Governo Federal) informava sobre o cancelamento dos fundos ou recursos destinados para estudar, avaliar ou testar o sistema de defesa antiaéreo Pantsir, fabricado pela KBP Instrument Design Bureau .

Então uma sugestão de aquisição "governo a governo", essa compra começou a definhar com a deposição do governo Dilma Rousseff, e a nota publicada na revista semanal VEJA há alguns dias reconfirmou e o cancelamento da compra, algo noticiado por Infodefensa ao final de 2015.

Na ocasião, Infodefensa demonstrava a insatisfação das Forças Armadas brasileiras com uma escolha  de cunho unicamente político e que, entre outros óbices, traria consigo desvantagens estratégicas como a falta de transferência de tecnologias associadas (especialmente dos códigos IFF, guiamento dos mísseis e integração/transmissão de dados entre posto de comando e bateria de

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje