menú responsive
AMÉRICA | Defensa
-/5 | 0 votos

LAAD 2017

Ruben Lazo (Thales): "Combater o crime organizado requer alta tecnologia"

O vice-presidente Thales para América Latina Ruben Lazo. Foto: Roberto Caiafa.

O vice-presidente Thales para América Latina Ruben Lazo. Foto: Roberto Caiafa.

10/04/2017 | Rio de Janeiro

Roberto Caiafa

O grupo francês Thales apresentou durante a LAAD Defence and Security 2017 (quatro a sete de abril) uma série de tecnologias e sistemas no estado da arte para emprego em terra, no mar e no ar.

No momento em que o Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações teve seu lançamento adiada devido a uma greve de grandes proporções na Guiana Francesa (sem prejuízo da integridade do satélite), Infodefensa entrevistou Ruben Lazo, vice-presidente da Thales para a América Latina.

Infodefensa: Qual o próximo passo com relação ao SGDC, após o lançamento? Haverá um segundo satélite?

Lazo: Existem conversações entre a Thales e o Governo Brasileiro, mas a nossa prioridade hoje é lançar e colocar em serviço o primeiro satélite. No planejamento brasileiro certamente existe a previsão de um segundo artefato (SGDC 2), mas primeiro, até mesmo por uma questão contratual, devemos priorizar a operacionalização do SGDC e sua infraestrutura de

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje