menú responsive
AMÉRICA | Contratación
-/5 | 0 votos

EDS deverá anunciar a assinatura do contrato durante o Paris Air Show 2017

Portugal abre negociações para a compra de seis Embraer KC390

O KC390 na pista de Gavião Peixoto durante o water spray test. Imagens: Embraer

O KC390 na pista de Gavião Peixoto durante o water spray test. Imagens: Embraer

12/06/2017 | São Paulo

Roberto Caiafa

Durante reunião do Conselho de Ministros de Portugal, foi aprovada, no dia 7 de junho, resolução que autoriza o início das negociações do governo daquela nação com a Embraer Defesa & Segurança (EDS) visando a compra de cinco aeronaves cargueiras KC­390, com opção de mais uma unidade do jato militar.

Segundo esse mesmo informe, as negociações incluiriam a compra de um simulador de voo (full flight simulator CAT D) a ser instalado na mesma base aérea do esquadrão operador do novo modelo.

“A importância estratégica que a indústria aeronáutica pode desempenhar para o desenvolvimento econômico nacional, agregando novas capacidades, estimulando e valorizando o investimento em inovação e criação de empresas de base tecnológica, além de promover o emprego qualificado e as exportações, justifica o envolvimento de Portugal no projeto e produção do KC­390”, afirmou o Conselho de Ministros de Portugal em nota após a reunião.

A Embraer mantém cartas de intenções de compra assinadas com quatro países, a Argentina, o Chile, a Colômbia e a República Tcheca, e interesse público por parte de Canadá e Nova Zelândia. As ações da Embraer na bolsa brasileira registraram alta de 0,25%, cotadas a R$ 15,94, após o anúncio da venda a Portugal.

O governo brasileiro assinou uma encomenda firme de 28 unidades mais os dois protótipos atualmente sendo usados no programa de certificação, em um negócio de R$ 7,2 bilhões para 30 aviões. O primeiro exemplar desse pedido está agendado para entrega no segundo semestre de 2018.

Lançado durante a LAAD 2009, o jato militar da EDS alcançou diversos marcos importantes em oito anos de desenvolvimento, e está em fase final de testes e início dos processos de certificação.  

A confirmação do negócio com Portugal vai representar a primeira venda a um governo estrangeiro do novo avião. A diretoria da empresa espera assinar a primeira venda do KC­ 390 ainda este ano, com grande possibilidade do negócio ser anunciado durante a realização do Paris Air Show 2017, que ocorre no final do mês na França.

Parte do esforço industrial do KC­390 é conduzido em Portugal, algumas peças do cargueiro são fabricadas em uma das duas unidades industriais de Évora, onde a empresa brasileira mantém um centro de engenharia e tecnologia, programa onde foram investidos mais de 180 milhões de reais.

Veja aqui o vídeo do Water Spray Test do KC390, realizado na pista de Gavião Peixoto.

Imagens: Embraer Defesa & Segurança

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje