menú responsive
AMÉRICA | Defensa
-/5 | 0 votos

Mídia Briefing

Saab Kockums busca parceiro no Brasil para participar da RFP da classe Tamandaré

Alencar Leal, de Saab Brasil. Foto: R. Caiafa

Alencar Leal, de Saab Brasil. Foto: R. Caiafa

19/10/2017 | Rio de Janeiro, RJ

Roberto Caiafa

A Saab do Brasil promoveu na última segunda feira (16/10), no Rio de Janeiro, um Mídia Briefing para a imprensa especializada em Defesa sobre o tema "Marinhas regionais: cenário geopolítico e soluções possíveis", dividido em duas palestras.

O briefing foi aberto pela palestra proferida por Sabrina Evangelista Medeiros, professora associada da Escola de Guerra Naval (EGN), que contempla o Programa de Pós-Graduação em Estudos Marítimos (PPGEM-EGN/MB).

A professora compartilhou com os presentes suas experiências em cooperação internacional, cooperação para segurança e defesa, mecanismos de internacionalização e reputação, economia de defesa, simulações, processo decisório e cenários (Brasil, América do Sul), todas vivenciadas durante passagem  como cátedra do Colégio Interamericano de Defesa (Inter-American Defense College - Faculty Member - IADC-FM), da Organização dos Estados Americanos (Organization of American States ou OEA na sigla em português).

Na ocasião, Sabrina discorreu sobre a importância do estreitamento nas relações entre as Forças Armadas e a sociedade, esclarecendo que novos projetos de defesa poderão ser implementados com maior facilidade contando com o apoio de uma sociedade mais consciente da importância em se investir na Defesa Nacional.

Na segunda palestra, o executivo Alencar Leal, da Saab do Brasil, dissertou sobre os produtos da área naval da empresa, parcerias com outras Marinhas e demais situações onde os produtos Saab se fazem presentes.

A participação da Saab na concorrência para a construção da Corveta classe Tamandaré foi outro ponto abordado, com o executivo confirmando o interesse da Saab Kockums em se associar a um estaleiro brasileiro para atender o RFP que deverá ser emitido em breve.

Repetindo a mesma fórmula de parceria estratégica criada em torno do caça Gripen E/F, a Saab visa construir no Brasil tanto essa classe, como os futuros navios que a Marinha do Brasil venha a necessitar.

A proposta sueca engloba também a oferta de modernização do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro, seja pela troca de maquinário obsoleto por outros atuais, seja pela capacitação e qualificação de mão de obra naval nos novos processos e tecnologias dominadas pelos suecos.

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje