menú responsive
AMÉRICA | Defensa
-/5 | 0 votos

Exercício Cambrian Patrol, realizado no País de Gales (UK)

1º Batalhão de Ações de Comandos (1º BAC) conquista a segunda colocação

Membros do time brasileiro. Imagens: Exército brasileiro.

Membros do time brasileiro. Imagens: Exército brasileiro.

24/10/2017 | Brecon Beacons, UK

Roberto Caiafa

Entre mais de 100 times participantes (mais cinquenta países diferentes), a patrulha do 1º BAC logrou a segunda colocação, perdendo apenas para o time do Paquistão.Representando o Exército Brasileiro no Exercício Cambrian Patrol (Patrulha Cambriana), o time dos Comandos/FE, liderados pelo 1º tenente Zago (1º Batalhão de Ações de Comandos- 1º BAC) alcançou a prestigiosa segunda colocação (medalha de prata).

O exercício, realizado no Reino Unido entre 13 a 22 de outubro, testou o nível de capacidade das frações participantes, com base em lições aprendidas em conflitos recentes. O cenário das patrulhas é a região montanhosa dos Brecon Beacons, no País de Gales

Entre mais de 100 times participantes (mais cinquenta países diferentes), a patrulha do 1º BAC logrou a segunda colocação, perdendo apenas para o time do Paquistão.

A Cambrian Patrol não tem por finalidade a competição, pois pretende inserir as equipes no quadro geral de combate de amplo espectro, no qual os militares são avaliados no cumprimento de diversas missões, tais como reconhecimentos especiais, trato com não combatentes e reação frente a ações inimigas.

A avaliação das equipes é fundamentada no desempenho em cada missão que realizam, mantendo a integridade física de todos os combatentes da fração.

Essa missões são conduzidas com cada operador de forças especiais carregando 35kg de equipamento  enquanto faz a progressão em um percurso de 65km pelas montanhas Brecon Beacons (País de Gales), local onde o Special Air Service (SAS) realiza sua seleção de pessoal.

Assim, obtém a medalha de ouro os times que que completarem mais de 75% das missões, medalha de prata acima de 65% e medalha de bronze para os times que finalizarem mais de 55% (todas sem computar baixas).

Times com a ocorrência de até duas baixas recebem um diploma de participação e os que ultrapassarem essa quantidade ou desistirem das missões são desclassificados.

Participaram diversos países-membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), como Inglaterra, França, EUA, Austrália e Canadá.

A medalhada de ouro foi conquistada pelas Forças Armadas do Paquistão.

Imagens: Exército Brasileiro

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje