menú responsive
AMÉRICA | Aire
-/5 | 0 votos

Novo jato de transporte militar já obteve 35 encomendas

Embraer KC-390 atinge a Capacidade Inicial de Operação (IOC)

O presidente Michel Temer e autoridades posam junto ao KC390 na Base Aérea de Brasília. (imagem: Agência Brasil)

O presidente Michel Temer e autoridades posam junto ao KC390 na Base Aérea de Brasília. (imagem: Agência Brasil)

26/12/2017 | Brasília, DF

Roberto Caiafa

Embraer KC-390 completou um marco fundamental com a demonstração pela Embraer à Força Aérea Brasileira (FAB) do atingimento da Capacidade Inicial de Operação (Initial Operational Capability – IOC).

Esse importante marco do programa foi comunicado ao presidente Michel Temer durante a tradicional reunião de fim de ano com os comandantes militares e o ministro da Defesa, ocasião em que são apresentados os novos oficiais generais promovidos.

Um avião pronto para o mercado

O atingimento da IOC assegura as condições necessárias para o início da operação da aeronave, em conformidade com o escopo acordado com a FAB. Como parte da IOC, a Embraer obteve um Certificado de Tipo Provisório do KC-390 junto à ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), atestando a adequação do projeto aos exigentes requisitos de certificação de aeronaves da categoria transporte.

“É com grande satisfação que anunciamos o atingimento deste marco importante para o Programa KC-390”, disse Jackson Schneider, presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança. “A campanha de certificação tem avançado conforme o planejado e os testes realizados tiveram grande sucesso, comprovando a maturidade da aeronave e confirmando o desempenho e as capacidades previstas”.

Até o presente momento, a campanha de ensaios acumula mais de 1.500 horas de voo nos dois protótipos e mais de 40.000 horas de testes em laboratório dos diversos sistemas da aeronave.

A campanha de ensaios estruturais se aproxima do fim, restando apenas o ensaio de fadiga em corpo de prova em escala real.

Ao longo de 2018, estão previstos a emissão do Certificado de Tipo final pela ANAC, bem como a realização de ensaios em voo de diversas funcionalidades militares, incluindo testes remanescentes de reabastecimento aéreo, lançamento de cargas e outros, visando o atingimento da Capacidade Final de Operação (Final Operational Capability – FOC), objeto da certificação militar final da aeronave.

A entrega da primeira aeronave de série à FAB está programada para acontecer ainda em 2018.

Imagens: Roberto Caiafa / Agência Brasil / Embraer

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje