menú responsive
AMÉRICA | Defensa
-/5 | 0 votos

E sua ala aérea embarcada

Marinha do Brasil prepara o retorno pleno a operacionalidade do navio-aeródromo São Paulo

141125 portaaviones brasil roberto caiafa

26/11/2014

(Infodefensa.com) Roberto Caiafa, São Paulo Dando prosseguimento a um planejamento iniciado em meados de 2005, a Marinha do Brasil prepara o retorno pleno a operacionalidade do navio-aeródromo São Paulo e sua ala aérea embarcada, com acréscimo de novas capacidades. O construtor naval francês DCNS, segundo publicação do DOU (Diário Oficial da União), está sendo contratado para a realização de serviços de assistência técnica e assessoria na modernização e manutenção do sistema de propulsão do Navio Aeródromo A-12 São Paulo, por dois anos, pelo valor de 1.710.580,00 Euros (hum milhão setecentos e dez mil e quinhentos e oitenta euros - Termo de Inexigibilidade de Licitação n° 002/2014). Essa reforma é essencial para garantir que 12 caças AF-1M Falcão, atualmente sendo modernizados pela Embraer Defesa & Segurança, possam operar com segurança no convoo do navio, atuar na defesa do grupo tarefa e também serem capazes

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje