menú responsive
AMÉRICA | Empresas
-/5 | 0 votos

A empresa envia 250 emplados casa por um mês

Iveco retarda a produção da Guarani no Brasil

IVECO LMV Guarani LAAD 2015 CAIAFA

09/06/2015 | São Paulo

Roberto Caiafa

A forte queda na venda de veículos registrada em 2015 no mercado brasileiro forçaram as montadoras a concederem férias coletivas para seus empregados, isso quando não ocorrem demissões. A FIAT, líder de mercado de carros de passeio, paralisou suas linhas de montagem antes do feriado de Corpus Christi, e só deverá retomar suas atividades após o dia 15 de junho. GM, Volkswagen, Mitsubishi e outras montadoras que atuam no Brasil estão adotando medidas semelhantes. Scania, Mercedes Benz e Ford, no setor de caminhões, seguem o mesmo rumo. E a crise também chegou a Iveco, afetando a linha de caminhões médios e pesados e a fabricação do blindado 6x6 Guarani. Cerca de 250 empregados da fábrica de Sete Lagoas receberam férias coletivas de 30 dias devido a falta de novas encomendas por parte do Exército Brasileiro.

168 exemplares do Guarani foram entregues até o momento,

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje