menú responsive
AMÉRICA | Defensa
-/5 | 0 votos

Exercício militar

Brasil ativa o sistema Astros 2020 na fronteira com a Guiana

Astros 20202 extremo norte(1)

02/11/2015 | São Paulo

Roberto Caiafa

A crescente escalada na tensão entre Venezuela e Guiana ganhou novos contornos com a recente mobilização de forças militares brasileiras na região fronteiriça dos estados de Roraima e Amapá. A Venezuela reclama para si uma grande região conhecida como Essequibo, cerca de três quartos do território da Guiana.

Em termos geopolíticos, o tema se torna mais relevante em razão da recente descoberta de uma importante reserva de petróleo na área. Haveria a projeção, por parte da Exxon Mobil, empresa do ramo óleo e gás responsável pela descoberta, em explorar 159.500 quilômetros quadrados em terra e mar, região cuja soberania é reivindicada tanto pela Guiana como pela Venezuela.

Atento a esse cenário, as Forças Armadas brasileiras vem repetidamente realizando exercícios naquela região empregando as unidades militares do Comando Militar do Norte (CMN) aquarteladas nos estados de Roraima e Amapá, ou promovendo o deslocamento de

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje