menú responsive
AMÉRICA | Empresas
-/5 | 0 votos

A venda do KC-390 vai trazer para o Brasil 1.500 milhões por ano

Jungmann solicita R$ 200 milhões no orçamento de 2017 para o EDS KC-390

KC 390 Gavião Peixoto II

14/12/2016 | Gavião Peixoto

Roberto Caiafa

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, acompanhado pelo relator do Orçamento da União, senador Eduardo Braga, visitou as instalações fabris destinadas ao maior avião já produzido no Brasil; o EDS KC-390.

Espinha dorsal da aviação de transporte da Força Aérea Brasileira no século XXI, o jato, atualmente na fase de ensaios em voo (empregando dois protótipos), está sendo preparado para produção no complexo da Embraer em Gavião Peixoto (SP), planta que concentra os produtos de defesa da empresa.

No atual quadro de crise financeira que o Brasil atravessa, medidas pé no chão são muito mais necessárias que malabarismos institucionais. De forma muito profissional, o ministro Jungmann reivindicou a necessidade de investir-se mais R$ 200 milhões para a construção do terceiro protótipo da aeronave, garantindo assim a sua certificação.

O País sai na frente, mas se

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje