menú responsive
AMÉRICA | Defensa
-/5 | 0 votos

Certificação da versão de treinamento do míssil israelense

Brasil integra Rafael Python-4 em seu F-5EM

A versão de treinamento do Python IV instalada na ponta de asa de um caça F-5EM. Foto: Força Aérea Brasileira

A versão de treinamento do Python IV instalada na ponta de asa de um caça F-5EM. Foto: Força Aérea Brasileira

23/05/2017 | Canoas, RS

Roberto Caiafa

A campanha de certificação do míssil de treinamento Rafael Python-4 nos caças F-5EM da Força Aérea Brasileira (FAB) baseados em Canos (RS), registrou avanços.

Denominada Operação Python, essa tarefa altamente especializada começou a ser cumprida em março e deverá ser completada no dia 6 de junho.

As próximas atividades serão desenvolvidas pelo Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) em conjunto com o Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), Instituto de Fomento Industrial (IFI) e Instituto de Pesquisa e Ensaios em Voo (IPEV).

A preparação para a campanha de ensaios envolveu várias análises e relatórios técnicos, abordando os aspectos aerodinâmico, aeroelástico e estrutural do míssil acoplado ao caça, informa o coronel-aviador Carlos Afonso Mesquita de Araújo, coordenador da Operação Python.

Como são feitos os testes

O míssil de treinamento Python-4 é um moderno equipamento que

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje