menú responsive
AMÉRICA | Defensa
-/5 | 0 votos

Saldo 2017

Brasil termina o ano com o futuro da Embraer no ar

Entre os avanços na indústria de defesa a criação da linha internacional de créditos pelo BNDES e CAMEX merecem destaque.

Entre os avanços na indústria de defesa a criação da linha internacional de créditos pelo BNDES e CAMEX merecem destaque.

04/01/2018 | Brasília, DF

Roberto Caiafa

O ano de 2017 foi marcado por diversas ações do Ministério da Defesa (MD), reforçando o comprometimento das Forças Armadas com o Brasil. 

Foram desenvolvidas ações na área de indústria de defesa, missões de paz, apoio à segurança pública e à defesa civil, proteção e segurança nas faixas de fronteiras, assistência humanitária internacional, programas sociais, parcerias bilaterais e defesa cibernética.​

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, apresentou na última quinta-feira de 2017 (28) durante coletiva de imprensa as principais realizações da Pasta (clique aqui e veja apresentação completa).

Entre os avanços implementados no setor de indústria de defesa destacam-se a criação da linha internacional de créditos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a participação do MD na Câmara de Comércio Exterior (CAMEX).

Além disso, o Ministério garantiu a liberação de recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento da região...

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje