menú responsive
AMÉRICA | Aire
-/5 | 0 votos

Esperando pelo programa KC-X2

Brasil procura um Boeing 767-300 para o Esquadrão Corsário

Capacidade estratégica do Boeing 767: payload 260 pessoas/38 toneladas de carga + grande alcance.

Capacidade estratégica do Boeing 767: payload 260 pessoas/38 toneladas de carga + grande alcance.

09/05/2018 | Belo Horizonte, MG

Roberto Caiafa

A Força Aérea Brasileira está ultimando uma licitação para adquirir no mercado internacional uma aeronave Boeing 767-300ER, atrelada a um pacote logístico de três anos.

Essa aquisição visa substituir a aeronave do mesmo modelo empregada atualmente, de prefixo militar FAB 2900, entregue em julho de 2016, e contratada com leasing estipulado em três anos (encerra em 2019, prorrogável por mais um ano).

Na época da entrega da aeronave, o  Esquadrão Corsário voltou a realizar missões de ajuda humanitária, missões diplomáticas e de transporte logístico por todos os continentes, segundo militares integrantes da unidade (veja vídeo da entrega).

O Corsário ficou três anos sem voar antes de receber o Boeing 767, por conta da desativação dos veneráveis Boeing 707 em outubro de 2013. 

Ficou claro com a decisão que a Força Aérea Brasileira está satisfeita com a operação do tipo, e vai manter essa capacidade estratégica com um exemplar em disponibilidade, tal...

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje