menú responsive
AMÉRICA | Armada
-/5 | 0 votos

Início dos testes do LABGENE

Marinha do Brasil começa a trabalhar em seu novo reator nuclear

A Região de Iperó comportará dois reatores nucleares, o do Complexo RMB e o do LABGENE.

A Região de Iperó comportará dois reatores nucleares, o do Complexo RMB e o do LABGENE.

07/06/2018 | Belo Horizonte

Roberto Caiafa

Os Ministérios da Defesa, da Saúde, da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e a Marinha do Brasil (MB) realizarão, no próximo dia 8 de junho, no Centro Industrial Nuclear de Aramar (Iperó-SP), a cerimônia de Lançamento da Pedra Fundamental do Reator Multipropósito Brasileiro (RMB) e de início dos testes de integração dos turbogeradores do Laboratório de Geração de Energia Nucleoelétrica (LABGENE).

O RMB é um reator nuclear que tornará o Brasil autossuficiente na produção de radioisótopos – insumo fundamental para a fabricação de rádiofármacos, de grande importância para o tratamento de doenças em diversas áreas da Medicina, como a cardiologia, oncologia, hematologia e neurologia.

O LABGENE – parte essencial no Programa Nuclear da Marinha (PNM) – é o protótipo, em terra do reator a ser utilizado no futuro submarino com propulsão nuclear brasileiro.

REATOR MULTIPROPÓSITO BRASILEIRO (RMB)

Sob a responsabilidade da Comissão Nacional de Energia Nuclear, Autarquia vinculada...

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje