menú responsive
AMÉRICA | Seguridad
-/5 | 0 votos

Participação da Airbus Helicopters e da Habock Aviation

52 unidades aéreas brasileiras se reúnem no fórum Enavseg 2018

Os comandantes e gestores de unidades de aviação de segurança pública de todo o Brasil reunidos no ENAVSEG 2018.

Os comandantes e gestores de unidades de aviação de segurança pública de todo o Brasil reunidos no ENAVSEG 2018.

21/06/2018 | Belo Horizonte

Roberto Caiafa

Clube dos Oficiais da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) sediou o Encontro Nacional de Aviação de Segurança Pública e Defesa Civil, coordenado pelo Comando de Aviação do Estado (Comave), formado pela PMMG, Polícia Civil (PCMG) e Corpo de Bombeiros Militar (CBMMG).

O evento reuniu profissionais das Organizações de Aviação da Polícia Federal, Receita Federal, Polícia Rodoviária Federal, Força Nacional de Segurança Pública e das Unidades Aéreas das Polícias Militares, Corpos de Bombeiros Militares e Polícias Civis de todo o país para debaterem sobre a atividade aérea de segurança pública do Brasil.

De acordo com o Comandante do Comave, Coronel PM Rodrigo Sousa, o evento serviu como uma oportunidade para a troca de experiências importantes para todos os comandantes e gestores da aviação e defesa civil do Brasil. “Nosso objetivo em encontros desse tipo é otimizar nossa forma de trabalhar e encontrar novas estratégias que resultem em economia, eficiência, efetividade e redução de gastos no cumprimento de nossas missões”, explicou.

52 unidades aéreas de 23 estados e do Distrito Federal estiveram reunidas neste encontro discutindo estratégias e trocando experiências sobre a aviação e Defesa Civil, como ressaltou o Coronel da Reserva Eduardo Alexandre Beni, da Polícia Militar de São Paulo. “Minas Gerais é um estado (província) bem robusto na atividade de aviação. Achamos importante realizar este encontro em Belo Horizonte (a capital) pelo excelente trabalho do Comave e da Polícia Militar”, ressaltou.

A palestra Gestão e Coordenação das Operações de Socorro das Vítimas do Rompimento da Barragem de Mariana*, do Coronel Fernando Antônio Arantes, chefe do Gabinete Militar e Coordenador Estadual de Defesa Civil, abriu o evento. (*um dos maiores desastres ambientais da história recente do Brasil).

Na troca de experiências do encontro, o Coronel Fernando enfatizou a importância da integração nas ações já colocadas em prática no Estado. “No Comave, percebemos que com a integração e unificando os recursos, a gestão administrativa é muito efetiva e eficiente. E conseguimos bons resultados quando respeitamos as peculiaridades de cada órgão, seja a Polícia Militar em sua atividade operacional, os Bombeiros Militares, a Polícia Civil e a Defesa Civil. Nosso objetivo é sempre fortalecermos as ações para darmos mais efetividade à atividade de aviação do Estado”, concluiu.

Para o Capitão PM Mena Barreto, representante da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), o encontro serviu para ampliar a integração da federação e dos estados (e a indústria) em assuntos pertinentes a segurança pública de aviação “Esse evento é uma oportunidade para discutirmos as questões estruturantes da aviação no Brasil. ASenasp trabalha para que tanto o Governo Federal, quanto os entes estaduais trabalhem de uma forma integrada e coordenada em prol da sociedade brasileira”, destacou.

Durante as palestras dos profissionais da indústria, os temas “Operações Aéreas Integradas” e “Manutenção Aeronáutica” tiveram a participação do fabricante de asas rotativas líder de mercado no Brasil, a Airbus Helicopters, através da sua subsidiária Helibras.

Joseph Baptiste, da Airbus Helicopters, falou sobre as operações aéreas de combate a incêndios florestais e missões críticas. “O Enavseg tem sido uma grande oportunidade para a Airbus compartilhar a experiência do Ctme. Francisco Lucas, da Habock Aviation (Espanha), e de conhecer a estrutura e o profissionalismo da aviação de Segurança Pública no Brasil”, afirmou o executivo.

Daniel Mendes e Fábio Castilho, do Centro de Suporte ao Cliente da Helibras, palestraram durante o 2º dia de atividades com o tema “Manutenção Aeronáutica”.

Entre os assuntos abordados, a importância do apoio logístico na disponibilidade das aeronaves e também os desafios na formação de mecânicos de manutenção aeronáutica para as Organizações Aéreas de Segurança Pública (OASP).

O Head de Marketing e Operações Comerciais da Helibras, Mauro Ayres, também participou do evento com a mediação do debate sobre credenciamento de mecânicos para manutenção de até 100 horas e discrepâncias de mesma complexidade.

“A Helibras, como única fabricante de helicópteros do país e líder absoluta do segmento, tem um papel fundamental no apoio à aviação de Segurança Pública do Brasil. O ENAvSeg, nesse sentindo, é hoje o grande fórum para discutir as boas práticas e inovações do setor, além de integrar todos os grupamentos do país. Sentimos como nosso dever fazer algo pelo setor”, afirmou Mauro.

COMAVE recebe drone DJI com câmera termal Zenmuse XT da FLIR Systems 

No encerramento das palestras focadas no tema  “Operações de RPA´s” (drones), ocorreu a entrega de um drone DJI M200 Series Standard, equipado com câmera Zenmuse XT da FLIR Systems (câmera termal montada em suporte estabilizado) ao comandante do COMAVE, coronel PM Rodrigo Sousa Rodrigues.

A nova tecnologia, nos testes realizados pela PMMG e PCMG (operadores naturais do equipamento), logrou localizar, filmar a cores ou em modo termal, e transmitir para terra, de dia ou a noite, imagens e dados sobre pontos de vendas de droga, áreas controladas pela criminalidade e demais informações sensíveis de inteligência sem denunciar sua posição, devido ao alcance dos dispositivos optrônicos embarcados no drone com zoom de 6x.

Dessa forma, o COMAVE acrescentou mais uma capacidade ao seu escopo de missões, o reconhecimento e coleta de inteligência em tempo real diuturno com uso de RPA´s.

O novo drone deverá seu usado também no apoio a operações policias em áreas restritas.

Com o futuro acréscimo de óculos de visão noturna (NVG) para os pilotos dos helicópteros do COMAVE (e correspondente adaptação dos cockpits), as possibilidades operacionais no período noturno deverão sofrer uma mudança de paradigmas na aviação de segurança pública do Estado de Minas Gerais.

Imagens: Roberto Caiafa

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje