menú responsive
AMÉRICA | Sistemas
-/5 | 0 votos

Módulos de Radiofrequência e Potência

AEL completa os módulos da futura rádio brasileira de defesa

O RDS utiliza uma forma de onda digital desenvolvida por pesquisadores do CTEx e do CPqD.

O RDS utiliza uma forma de onda digital desenvolvida por pesquisadores do CTEx e do CPqD.

02/02/2019 | Belo Horizonte

Roberto Caiafa

A empresa AEL SISTEMAS realizou a entrega da primeira versão do Módulo de Rádio Frequência (RF) e do Módulo de Alimentação (MA) do RDS-Defesa.

O evento, ocorrido nas dependências do Núcleo de Inovação e Pesquisa em Comunicações Aplicadas a Defesa (NIPCAD) do Centro Tecnológico do Exército (CTEx), encerra com sucesso o 1º ciclo de P&D dos Módulos de Rádio Frequência (RF) e de Alimentação (MA) do Projeto RDS-Defesa.

Destaca-se que as equipes técnicas do CTEx, da AEL e do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD) realizaram testes preliminares que constataram que os protótipos entregues atenderam plenamente às especificações previstas para este 1º ciclo de P&D.

No 2º ciclo, a ser realizado em 2019, em paralelo com a fase de integração, os módulos de RF e Alimentação serão atualizados e aperfeiçoados para atender às especificações completas do RDS-Defesa.

A referida entrega é um importante marco do projeto, já que os dois módulos estão funcionais, o que permitirá a execução da fase de integração com os demais módulos do RDS-Defesa ao longo de 2019, com previsão de avaliação do protótipo do Rádio em 2020, no CAEx.

Rádio Digital Brasileiro

 

O RDS utiliza uma forma de onda digital (narrowband), desenvolvida por pesquisadores do CTEx e do CPqD.

A utilização do GCB com o RDS permite disseminar entre as tropas as informações colhidas no terreno.

As informações melhoram a consciência situacional dos comandantes e auxiliam na tomada de decisão. A motivação para essa integração é ganhar vantagem no cenário operacional tático.

Qualquer informação da movimentação do inimigo observada por uma tropa amiga pode ser enviada em tempo real para o tomador de decisões das ações a serem aplicadas no teatro de operações.

O projeto RDS-Defesa é conduzido pelo CTEx (envolvendo a tríade CTEx, AEL e CPqD) e tem a capacidade de prover soluções aderentes à doutrina e aos cenários de emprego específicos da atuação das Forças Armadas.

O equipamento confere eficiência, disponibilidade e segurança nas comunicações, tanto no que toca à guerra eletrônica, quanto aos aspectos ligados à cibernética.

O usuário do RDS tem a possibilidade de escolher formas de onda (padrões de comunicações) e de introduzir novas formas de onda no teatro de operações.

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje