menú responsive
AMÉRICA | Defensa
-/5 | 0 votos

LAAD 2019

Avibras apresenta seu míssil MTC-300 e sua fábrica de PBHT no Rio

Astros 2020, poder dissuasório estratégico continental.

Astros 2020, poder dissuasório estratégico continental.

02/04/2019 | Rio de Janeiro, RJ

Roberto Caiafa

Recentemente revelado como possuindo alcance maior que 300 km, o míssil tático de cruzeiro MTC-300 e a fábrica de PBHT (propelente sólido para motores de foguetes e mísseis) que a Avibras Aeroespacial deve inaugurar em 2020 se converteram nos grandes destaques da empresa na LAAD Defense & Security 2019.

Com mais de 50 anos de atuação, a empresa está entre as 100 maiores exportadoras do Brasil e integra a Base Industrial Estratégica de Defesa Brasileira.

A sólida parceria com as Forças Armadas do Brasil nos programas estratégicos tem como melhor exemplo o sistema de armas ASTROS 2020, fabricado pela empresa.

O Sistema de Foguetes de Artilharia para Saturação de Área é adotado no Brasil pelo Exército e pela Marinha, e pelas Forças Armadas de diversos países desde a década de 1980.

No âmbito do Programa Estratégico Astros 2020 do Exército Brasileiro, que tem por objetivo ampliar a capacidade da Força Terrestre Nacional com um sistema tecnologicamente superior, de alta referência de desempenho e confiabilidade operacional, a Avibras Aeroespacial está desenvolvendo o Míssil Tático de Cruzeiro MTC 300, com tecnologia 100% nacional, desde a sua concepção, projeto de engenharia, protótipos e fabricação.

A empresa também está industrializando viaturas e sistemas na versão MK-6 para um novo batalhão recém transferido para o Forte Santa Bárbara, na cidade de Formosa (16º Grupo Lançador de Mísseis e Foguetes), constituídos por viaturas lançadoras, de comando e controle, meteorológicas, de apoio ao solo e remuniciadoras.

Mansup

No programa do Míssil Antinavio de Superfície da Marinha do Brasil, a empresa é responsável pelo sistema propulsivo (motor) e outros componentes e pela montagem final dos protótipos do míssil.

O Mabsup deverá equipar os futuros navios da esquadra.

A-Darter

A Avibras Aeroespacial também integra o programa binacional da Força Aérea Brasileira entre o Brasil e a África do Sul no desenvolvimento do míssil de combate aéreo de 5ª geração A-Darter, que tem o propósito de equipar os novos caças Gripen brasileiros.

Skyfire

A companhia também vai apresentar na feira o Sistema SKYFIRE (foguetes ar-terra de 70 mm e superfície-superfície), que faz parte do amplo portfólio de produtos de alto valor agregado desenvolvidos pela empresa.

Programa Espacial Brasileiro

No setor aeroespacial, a empresa destacará a sua participação no Programa Espacial Brasileiro através dos foguetes de treinamento Básico e Intermediário.

Atualmente a empresa participa do desenvolvimento e da fabricação dos motores foguetes S50 do VLM-1 (Veículo Lançador de Microssatélites) no âmbito do Programa Nacional de Atividades Espaciais da AEB (Agência Espacial Brasileira).

A empresa tem competências próprias para integrar veículos lançadores.

No que tange à sua participação no Programa Espacial Brasileiro, a companhia está investindo na construção da fábrica para produção de PBHT (Polibutadieno Hidroxilado), insumo fundamental na produção de combustível sólido.

Essa capacitação é imprescindível para os foguetes do novo Programa Espacial Brasileiro.

Trata-se de uma decisão de investimento estratégica para o Brasil, fundamental para o resgate da soberania nacional na produção de combustível sólido e essencial para as atividades aeroespaciais.

Com início das operações previsto para o primeiro trimestre de 2020, a fábrica estará capacitada para produzir até 2.200 toneladas de PBHT/ano.

Além das aplicações no mercado de Defesa e Aeroespacial, o PBHT possui várias aplicações como insumo no mercado civil, tais como isolantes, selantes adesivos, impermeabilizantes, encapsulamento, revestimentos, películas, etc.

A Avibras Aeroespacial também inovou com a criação do EATI (Espaço AVIBRAS de Tecnologia e Inovação) inaugurado em dezembro de 2018, no Parque Tecnológico São José dos Campos.

O EATI foi concebido para atuar como a embaixada para pesquisa, desenvolvimento e inovação de produtos e soluções nos polos Defesa, Espaço e Segurança Pública, em ambiente de parceria e de colaboração com universidades, centros de pesquisa e empresas de bases tecnológicas similares.

A finalidade é assegurar a evolução da empresa desenvolvendo tecnologias estratégicas a novos produtos e negócios, com know how próprio, processos e ferramentas adequados.

Com instalações amplas e modernas localizadas no Vale do Paraíba, no estado de São Paulo, principal polo de tecnologia aeroespacial do Brasil, a Avibras Aeroespacial cria diferenciais competitivos de qualidade e inovação, fundamentais para manter-se como grande player no mercado mundial de Defesa.

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje