menú responsive
AMÉRICA | Plataformas
-/5 | 0 votos

Brasil e Estados Unidos e a Base Espacial de Alcântara

Acordo de Salvaguardas Tecnológicas entra em um impasse político

A plataforma de lançamento de Alcântara, Maranhão.

A plataforma de lançamento de Alcântara, Maranhão.

19/08/2019 | Belo Horizonte

Roberto Caiafa

Em audiência na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CREDN), representantes do governo brasileiro defenderam o acordo de salvaguardas tecnológicas envolvendo a Base Espacial de Alcântara (MA) com os Estados Unidos em análise pela casa legislativa.

Já deputados se dividiram, com a oposição (de esquerda) questionando pontos do trato e a base de apoio (de direita) reforçando a necessidade de sua aprovação.

O acordo estabelece regras de proteção aos Estados Unidos no emprego de tecnologia deste país para atividades na Base Espacial de Alcântara, localizada na cidade de mesmo nome e próxima à capital do Estado do Maranhão, São Luís, como lançamento de foguetes ou de satélites.

A redação detalha as condições de atuação de artefatos estadunidenses, incluindo as garantias de agentes do país estrangeiro e limitações à atuação de agentes brasileiros na região.

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

NOTICIAS RELACIONADAS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje