menú responsive
AMÉRICA | Personas
-/5 | 0 votos

Visita do general Wei Fenghe

Brasil e China se aproximam de posições em Defesa

Os ministros e autoridades reunidos no MD em Brasília.

Os ministros e autoridades reunidos no MD em Brasília.

09/09/2019 | Belo Horizonte, MG

Roberto Caiafa

O Ministro da Defesa do Brasil, general Fernando Azevedo, reuniu-se com seu homólogo da China, General Wei Fenghe, na sede do Ministério da Defesa (MD) em Brasília (DF), na manhã da última sexta-feira (06/09).

Antes desse encontro, Wei Fenghe fez uma visita formal ao vice-presidente da República, o também general Hamilton Mourão.

Estiveram presentes ao encontro no MD os comandantes da Marinha, almirante-de-esquadra Ilques Barbosa; do Exército, general-de-exército Edson Leal Pujol, e da Força Aérea Brasileira, tenente-brigadeiro-do-ar Antonio Carlos Moretti Bermudez.

Fernando Azevedo ressaltou o bom relacionamento entre os dois países e o resultado positivo observado em outras áreas, além da economia. “O maior parceiro econômico do Brasil é a China. Isso dá peso especifico não apenas nas relações econômicas. Temos que estreitar e incentivar essa relação”, afirmou.

Acompanhado de comitiva, Wei Fenghe, informou que vem ao Brasil pela primeira vez e agradeceu a hospitalidade de todos. “Apesar da distância geográfica, a China e o Brasil são bons parceiros e também bons amigos. Possuímos boa relação de cooperação”, disse o General Wei Fenghe. Ele convidou o ministro brasileiro a participar de dois fóruns de discussão de Defesa que ocorrerão naquele país: um em outubro próximo e outro no próximo ano.

No encontro, as parcerias na parte de satélites (CBERS) entre os dois países foram citadas por Fernando Azevedo, com ênfase na área de cobertura ambiental. Outro ponto de destaque foi o significado da Base Industrial de Defesa (BID), setor “estratégico”, ao país, de acordo com Azevedo.

Ao final do encontro, Fenghe convidou Azevedo para assistir a abertura dos 7º Jogos Mundiais Militares, que ocorrerão em outubro, na China, e avaliou a reunião como produtiva. “Vamos continuar a aprofundar e concretizar a cooperação pragmáticas entre as duas partes”, finalizou.

Imagens: Vice-Presidência da República / Agência Brasil

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje