menú responsive
AMÉRICA | Armada
-/5 | 0 votos

Teste de sensores, armas e sistemas de bordo

Marinha do Brasil inicia testes no mar do S40 Riachuelo

70405112 170131387474153 6085669196132253696 n

 Ver galería de fotos

30/09/2019 | Belo Horizonte

Roberto Caiafa

O Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub) deu início as provas de porto (HAT - Harbor Acceptance Test) e de mar (SAT - Sea Acceptance Test) do Riachuelo (S40), primeiro dos quatro submarinos de ataque diesel-elétricos S-BR (classe Scorpène modificado) encomendados pela Marinha do Brasil ao Naval Group/ICN/EBN.

Os testes SAT do Riachuelo devem durar até o primeiro semestre de 2020, enquanto o comissionamento do submarino (entrada em serviço) está programado para outubro de 2020.

Na série de imagens divulgadas pela ICN/Marinha do Brasil, o submarino Riachuelo aparece sendo transportado do edifício denominado “Main Hall” para o shiplift (elevador de navios) do Complexo Naval de Itaguaí.

As imagens mostram o seu relançamento ao mar para início dos testes.

Com o S40 no mar será dado início aos testes de ajuste de pesos a bordo e ativação dos diferentes sistemas como geração de energia, refrigeração, motorização, etc.

A seguir o submarino será submetido aos testes de estanqueidade completa do seu interior, por meio de imersão estática (submerge sem movimento) e de imersão dinâmica (submerge em movimento).

De início, o submarino mergulhará até assentar num ponto do leito submarino (próximo ao complexo de Itaguaí), atingindo uma profundidade de 20 metros.

A classe S-BR desloca cerca de 2.000 toneladas em imersão, com um comprimento de 71,6 metros e boca de 6,2m. O S40 foi lançado em cerimônia realizada no Complexo Naval de Itaguaí em 14 de dezembro de 2018.

Sensores e Armas

 

O sistema de gestão de combate SUBTICS e o grupo de sensores S-CUBE que equipam os S-BR deverão passar por intensos e rigorosos testes de aceitação, onde todos os parâmetros de desempenho especificados pela Marinha do Brasil serão testados e validados.

A suíte de armamentos dos S-BR, formada pelo torpedo pesado F21 de 533 mm (Naval Group) e míssil antinavio Exocet SM39 Bloco 2 Mod 2 (MBDA) deverão ser lançados e validados durante os testes de mar do Riachuelo.

O Riachuelo (S40), primeiro de sua classe, será seguido pelo Humaitá (S41), com lançamento previsto para 2020, o Tonelero (S42) em 2021 e o Angostura (S43) em 2022.

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje