menú responsive
AMÉRICA | Defensa
-/5 | 0 votos

ABIMDE cria Grupo de Trabalho

Indústria de Defesa do Brasil mobiliza-se contra o coronavírus

Grupo de Trabalho CORONA, uma iniciativa da ABIMDE.

Grupo de Trabalho CORONA, uma iniciativa da ABIMDE.

26/03/2020 | Belo Horizonte

Roberto Valadares Caiafa

ABIMDE cria Grupo de Trabalho, que tem por objetivo sincronizar as suas ações para atender as necessidades do Governo no combate à pandemia Covid-19 com suas cerca de 200 empresas associadas

A indústria de defesa do Brasil está se mobilizando, por meio da Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança (ABIMDE), para apoiar o Governo no combate ao novo coronavírus no país e dar suporte à população e à sociedade. 

Na tarde deste sábado (21), o Presidente da entidade, Roberto Gallo, e integrantes dos Conselhos Fiscal e Diretor da associação estiveram reunidos para debater e consolidar a formação de um Grupo de Trabalho que tem como objetivo principal sincronizar suas ações para responder, com suas cerca de 200 empresas associadas, as necessidades do Governo para o combate à pandemia Covid-19

Batizado de Grupo de Trabalho CORONA, atuará de forma coordenada com a Secretaria de Defesa de Produtos de Defesa (SEPROD – Ministério da Defesa),  que estará à frente de sugestões de ações executivas para engajamento das associadas da ABIMDE junto às necessidades do Comitê de Crise para Supervisão e Monitoramento dos Impactos da Covid-19 (CCSMIC-19), montado pela Casa Civil da Presidência da República, sob a coordenação do General Walter Braga Netto, para atuar de forma integrada com o Grupo Executivo Interministerial de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional e Internacional do qual o Ministério da Defesa faz parte, de acordo com o que trata o Decreto nº 10.211, de 30 de janeiro de 2020.

 “A pandemia causada pelo novo coronavírus vem trazendo ao mundo desafios e incertezas de forma altamente dinâmica. Nesse contexto de grande comoção nacional, a ABIMDE se disponibiliza para apoiar o Governo no que for preciso para a contenção da proliferação da Covid-19. Possuímos cerca de 200 empresas associadas nas mais diferentes áreas de atuação, muitas delas com produtos e serviços duais, que atendem tanto o segmento militar quanto o civil. Acreditamos que possamos contribuir de forma positiva frente às necessidades que o governo apontar em regime especial de aquisição para o combate à essa pandemia”, comenta Roberto Gallo, presidente da associação.

Com este GT, a entidade pretende reforçar não apenas a questão da dualidade de suas indústrias, mas principalmente fortalecer a atitude social, mostrando o quanto o setor de Defesa pode contribuir com a nação neste momento de crise. 

O próximo passo do grupo de trabalho será enviar uma carta à SEPROD, comunicando sua existência, colocando-se à disposição do Governo para o que for necessário em termos de tecnologia para barrar o avanço do vírus no país, e o que a ABIMDE estará fazendo e se posicionando frente a essa situação de pandemia no que se refere ao bem coletivo da nação. 

“O principal neste cenário em que nos encontramos é unirmos forças. O GT-CORONA tem como objetivo conectar Governo e empresas para que, juntos, possam formar uma frente de combate a esse terrível vírus, sendo o seu principal foco auxiliar na facilitação das oportunidades para que o Governo tenha acesso a todos os tipos de produtos, serviços e tecnologias que a Base Industrial de Defesa pode oferecer neste momento tão delicado”, finaliza Auro Azeredo, coordenador do GT-CORONA da ABIMDE.

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje