menú responsive
AMÉRICA | Armada
-/5 | 0 votos

Tribunal de Contas da União a Crise entre os Poderes

Programa Tamandaré corre risco de cancelamento

marinha classetamandare 16

16/07/2020 | Belo Horizonte

Roberto Valadares Caiafa

O Tribunal de Contas da União ou TCU, em meio a uma séria crise institucional entre os Poderes Executivo e Judiciário brasileiros, apontou irregularidades no financiamento da renovação da frota de navios da Marinha do Brasil, atualmente em curso através do Programa Classe Tamandaré.

Para contornar mais esse óbice, o Governo Federal alterou a forma de repasses do Ministério da Defesa para a Empresa Gerencial de Projetas Navais (EMGEPRON), estatal vinculada à pasta responsável pela construção de navios de guerra.

No início de julho, o governo parecia haver encontrado uma nova saída para repassar R$ 89 milhões à estatal para alavancar a execução inicial do projeto.

Ao emitir parecer final sobre as contas do governo para o ano de 2019 o TCU apontou uma terceirização da execução de despesas corno urna forma de driblar...

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje