menú responsive
AMÉRICA | Empresas
-/5 | 0 votos

Fabricação do modelo Tatra Phoenix Euro 6

Tatra Trucks, prestes a terminar as negociações para construir sua primeira fábrica fora da Europa no Brasil

Caminhões militares qualquer terreno da Tatra Trucks, agora no Brasil.

Caminhões militares qualquer terreno da Tatra Trucks, agora no Brasil.

30/07/2020 | Belo Horizonte

Roberto Valadares Caiafa

O tradicional fabricante de caminhões Tatra Trucks está finalizando negociações no Brasil, iniciadas em 2019, para instalar sua primeira fábrica fora da Europa voltada para a produção do modelo Tatra Phoenix Euro 6, nas versões de tração 6×6 e 8×8.

A cidade escolhida, Ponta Grossa (Estado do Paraná), irá operar uma linha de montagem para caminhões adequados para emprego no agronegócio, trabalho pesado industrial, carregamento de madeira (em toras) carga a granel, minério e outros mercados, incluindo o militar.

O diferencial da empresa é a produção de caminhões para rodagem fora das estradas ou em solos difíceis.

A marca possui tecnologia exclusiva de mobilidade do chassi e eixos das rodas que permite aos veículos se adaptarem a qualquer tipo de terreno.

A Tatra foi fundada em 1850.

Em julho de 2019, durante visita a cidade de Ponta Grossa, executivos da empresa firmaram um protocolo de intenções com a prefeitura da cidade brasileira para instalação da fábrica, a primeira fora do país de origem.

O investimento inicial previsto, de R$ 600 milhões, terá como principal responsável a CSG Aerospace, uma divisão do Czechoslovak Group que conecta mais de 20 empresas tchecas e eslovacas que operam nas indústrias civis e de defesa.

O principal articulador por parte da empresa tcheca é o diretor de exportações da Tatra Trucks para o Brasil, Pavél Petrásek.

O presidente e o vice-presidente da fabricante, Petr Rusek e Petr Hendrych, deverão retornar ao Paraná dentro das próximas semanas para oficializar a instalação da fábrica de caminhões em Ponta Grossa através da assinatura do protocolo de intenções com o Governo do Estado.

A informação desse encontro com o Governo local, que comprova a intenção da empresa de investir em Ponta Grossa mesmo durante a pandemia do Covid-19, foi revelada pelo secretário municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional da cidade, José Loureiro Neto.

TATRA com uniforme no Brasil

 

Os chassis Tatra, na atualidade, compõem a frota de um dos Grupos de Mísseis e Foguetes Astros 2020 (o outro usa chassis Mercedes Benz), e na Marinha equipa uma unidade do Corpo de Fuzileiros Navais com o mesmo sistema de artilharia de saturação com foguetes e mísseis.

As exportações mais recentes do Astros feitas pela Avibras Aeroespacial também utilizam chassis Tatra, ampliando o volume de vendas da empresa.

Na Engenharia de Combate Blindada do Exército, o 5º BE Cmb Bld recebeu em outubro de 2019 quatro VTE-Eng TRNP PRTD 8×8 Tatra T 815-2 (12 toneladas) destinadas a emprego com sistemas de pontes IRB, ou Improved Ribbon Bridge adquiridas para dar apoio de travessia para carros de combate Leopard 1A5 BR, blindados M113, Guarani, Urutu, Cascavel, M-109 e veículos de engenharia Bergenpanzer e Lança-Pontes da própria unidade.

O Futuro

 

Acredita-se que mais compras desse sistema de pontes para outras unidades de Engenharia de Combate deverão acontecer no médio prazo via Comissão Militar do Exército Brasileiro em Washington, e mais caminhões do modelo Tatra 8x8 T 815-2 poderiam ser encomendados para complementar a dotação de veículos especializados qualquer terreno da engenharia de combate blindada.

Os caminhões Trata Trucks 6x6 e 8x8 militares encontram diferentes aplicações no mercado brasileiro, como por exemplo, podem vir a ser utilizados como plataforma para o futuro obuseiro autopropulsado sobre rodas de 155 mm planejado pelo Exército Brasileiro para modernizar sua artilharia (Atmos da Elbit Systems e Caesar da Nexter são os favoritos).

Também podem atender a demanda para os veículos do Programa Estratégico do Exército Defesa Antiaérea que irão empregar o radar Saber M200 e os lançadores de mísseis superfície-ar de média altitude, remuniciadores, oficina e apoio logístico, todos montados nesses caminhões.

A versão 6x6, de menor peso e volume, pode ser aerotransportada pelo jato militar KC390, atendendo requisitos colocados de mobilidade estratégica e rápido deployment, tanto na versão obuseiro de 155 mm quanto lançador de mísseis superfície-ar ou viatura radar, uma clara vantagem competitiva do produto tcheco.

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje