menú responsive
AMÉRICA | Aire
-/5 | 0 votos

Primeiro Grupo de Aviação de Caça

Um F-5EM da Força Aérea Brasileira se perde e sofre "danos consideráveis"

f5caiafa3

02/06/2021 | Belo Horizonte

Roberto Valadares Caiafa

Uma aeronave de caça Northrop F-5EM do Primeiro Grupo de Aviação de Caça (1º GAVCA), saiu da pista após o pouso na Base Aérea de Santa Cruz (Ala 12, Rio de Janeiro) após um voo de treinamento na tarde do dia 31 de maio último.

O Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (CECOMSAER) respondeu aos questionamentos da reportagem de Infodefensa com a nota que reproduzimos a seguir:

Na tarde desta segunda-feira (31/05), uma aeronave F-5EM do Primeiro Grupo de Aviação de Caça (1º GAVCA), localizado no Rio de Janeiro (RJ), saiu da pista pela lateral após o pouso na Base Aérea de Santa Cruz (Ala 12), quando retornava de um voo de treinamento.

O piloto em comando da aeronave sofreu lesões leves e foi prontamente atendido pela equipe de solo. 

O F-5EM acidentado sofreu danos consideráveis e a ocorrência será investigada pelo Comando da Aeronáutica.

O Mike modernizado na Força Aérea

 

Em outubro de 2020 a Força Aérea Brasileira (FAB) enviou uma delegação para Gavião Peixoto (SP) com a missão de receber da Embraer a última aeronave de caça F-5EM modernizada, um programa de upgrades que levou 16 anos para ser concluído.


 
O F-5EM matrícula FAB 4810 foi designado para voar no Esquadrão Pampa (1º/14º GAV), situado na Ala 3, em Canoas (RS).

A modernização dos caças F-5EM (monoplace) e F-5FM (biplace) foi iniciada em 2005 e proporcionou uma evolução tecnológica significativa à defesa aérea brasileira com a implementação de novos armamentos que possibilitaram o combate ar-ar beyond visual range ou BVR (sigla em ingês para Além do Alcance Visual) e lançamento de armamento ar-solo guiado inteligente.

As 43 células monaplaces que foram modernizadas podem ser identificadas pelas matrículas FAB 4820, 4823, 4824, 4825, 4826, 4827, 4828, 4829, 4830, 4834, 4836, 4837, 4839, 4841, 4844, 4845, 4846, 4847, 4848, 4849, 4850, 4851, 4852, 4856, 4857, 4858, 4859, 4860, 4861, 4862, 4863, 4864, 4865, 4866, 4867, 4869, 4870, 4871, 4873, 4874, 4875, 4876, e FAB 4877.

As seis células biplaces que foram modernizadas podem ser identificadas pelas matrículas FAB 4806, 4807, 4808, 4810, 4811 e 4812. Destas, duas aeronaves biplaces foram perdidos em acidentes, o FAB 4806 em 5 de julho de 2016 e o FAB 4811 em 24 de maio de 2018. 

Imágenes: Roberto Caiafa

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje