VBTP-MR 6x6 Guarani no Haiti
EDICIÓN
| INFODRON | INFOESPACIAL | MUNDOMILITAR | TV
Tierra (Portugués) >

VBTP-MR 6x6 Guarani no Haiti

131104 Brasil Guarani 2
|

(Infodefensa.com) São Paulo - O Exército brasileiro concluiu no último dia 1º de outubro, na periferia de Campinas, cidade situada a 100 km de São Paulo, os primeiros ensaios em operações urbanas do novo blindado sobre rodas Guarani VBTP-MR 6x6, um dos sete projetos estratégicos da Força Terrestre nacional.

O veículo é construído no estado de Minas Gerais pela Iveco, uma subsidiária do grupo Fiat. Em 2014, o blindado estreia em ação – vai para o Haiti, servir ao batalhão brasileiro na Força de Paz.

Além da avançada eletrônica embarcada, a nova família de viaturas tem a couraça resistente a disparos de calibre 7,62 mm, a estilhaços de granadas propelidas e a impacto de cargas explosivas leves. É também mais ágil nas ações em áreas densamente habitadas. Serão construídos 2.044 blindados ao longo de duas décadas. O contrato chega a R$ 6 bilhões.

Os testes e treinamentos estão sendo feitos nos bairros e vilas das regiões carentes de Campinas, nas quais o cenário é muito semelhante ao encontrado nas comunidades do Haiti. O contingente em instrução na cidade brasileira há um mês, quando estiver operando no Haiti, vai dedicar atenção especial às eleições municipais e para o Senado , previstas para o começo de 2014.

“É uma situação de risco e tensão, porque as eleições envolvem todas as facções políticas locais”, afirmou o coronel Antônio Ribeiro da Rocha Neto, de 47 anos, que voltou do Haiti em junho. Os militares estão distribuídos em um batalhão, mais duas companhias, que estão localizadas nas áreas de maior tensão social do país caribenho. A expectativa é que os primeiros blindados Guarani operacionais sejam enviados ao Haiti no primeiro semestre do próximo ano.

A operação envolve 1.200 militares brasileiros, que serão transferidos para o país caribenho ainda neste mês. O Brasil comanda há nove anos a Força de Estabilização criada pela Organização das Nações Unidas (ONU).

 

 

 

 

 

 

rc/nf



Recomendamos