Brasil avalia capacidade do Guarani 6x6 para atuar como ambulância blindada
EDICIÓN
| INFODRON | INFOESPACIAL | MUNDOMILITAR | TV
Brasil (Portugués) >
Exército

Brasil avalia capacidade do Guarani 6x6 para atuar como ambulância blindada

Para atuar como ambulância, o veículo deve receber equipamentos de suporte à vida para transportar os feridos com segurança
3
Lado as duas viaturas ambulância, Guarani e Urutu 6x6. Foto: EB
|

O Comando de Operações Terrestres (COTER), por intermédio do Centro de Doutrina do Exército (C Dout Ex), coordenou a realização da prova de conceito da Viatura Blindada Especial Ambulância (VBE Amb), no 3º Esquadrão de Cavalaria Mecanizada (3º Esqd C Mec).

A atividade contou com a participação de militares da Diretoria de Saúde (D Sau) e do 3º Esqd C Mec e teve como principal objetivo realizar testes para verificar a viabilidade técnica da transformação de uma VBTP MSR Guarani em VBE Amb, assim como, analisar e comparar o Guarani com a atual VBE Amb Urutu do Exército Brasileiro.

Para atuar como ambulância, o veículo blindado precisa receber equipamentos de suporte a vida e disponibilizar espaço para transportar feridos/pacientes internamente com toda a segurança, além de contar com equipe médica e insumos de saúde necessários a missão.

1

O estudo de conversão verifica o espaço necessário para o transporte de feridos em macas na parte interna do Guarani 6x6. Foto: EB

Esse tipo de viatura evita se aproximar da linha de contato com o inimigo, mas recolhe feridos para a retaguarda logo atrás dos combates, e os riscos de operar em área vermelha é mitigado com a proteção da blindagem e o uso da velocidade/mobilidade da solução sobre rodas.

EE-11 Urutu Ambulância

Entre os anos de 2013 e 2014 o Arsenal de Guerra de São Paulo (AGSP) em conjunto com a empresa  Universal S/A desenvolveu o Projeto Urutu Ambulância, com o objetivo de modernizar os veículos Urutu mais antigos do Modelo 2 transformando em Urutu Modelo 6 "Plus". 

O protótipo desta nova versão foi todo montado no AGSP com base em uma carcaça zero quilômetro que se encontrava em estoque da empresa, sem qualquer componente interno, que pertencia ao espólio da Engesa. 

VBE Amb Urutu

As três viaturas ambulância EE-11 Urutu 6x6 do Exército Brasileiro. Foto: EB

EE-11 Urutu Ambulância está equipado com caixa blindada com blindagem transparente para o motorista, melhorando a visibilidade para condução em campo de batalha, quatro macas, um freezer e equipamento médico variado. 

Foi projetado com um teto elevado, todo o compartimento de tropas foi redesenhado para o transporte de feridos. Macas podem ser colocadas a bordo e retiradas com facilidade. 

O novo Guarani Viatura Blindada Especial Ambulância  deverá cumprir essas missões porém transportando seis macas na configuração de densidade máxima.

2

No Urutu, o espaço para o ferido e sua maca recebe toda uma preparação e customização, auxiliando no trabalho das equipes de saúde. Foto: EB



Recomendamos


Lo más visto