menú responsive
AMÉRICA | Plataformas
-/5 | 0 votos

Entrevista da INFODEFENSA

C. Roux (Airbus): "Cada vez mais países escolhem satélites duplos porque permitem dividir custos" (1)

Christophe Roux, vice-presidente sênior da Airbus Defence and Space para América Latina.

Christophe Roux, vice-presidente sênior da Airbus Defence and Space para América Latina.

24/07/2018 | Belo Horizonte

Roberto Caiafa

A Agência Espacial Peruana (CONIDA) encomendou a Airbus Defence and Space um satélite desenvolvido dentro de requerimentos próprios, o PerúSAT-1, primeiro sistema de satélite óptico de observação da Terra para o Peru. Esse satélite pioneiro foi entregue em um tempo recorde: menos de dois anos. A Airbus Defence and Space desenvolveu ainda um programa completo de transferência de tecnologia que incluiu o treinamento de mais de 60 engenheiros peruanos.

Lançado em 15 de setembro de 2016, o PerúSAT-1 é o satélite mais avançado da região. Apesar dessa compra ter gerado debates no Peru, a agência espacial peruana recuperou seu investimento em apenas um ano. A lista de tecnologias agregadas ao PerúSAT-1 permitem ao engenho trabalhar com 70 cm de resolução sub métrica. Nos primeiros 14 meses em órbita, o PerúSAT-1 cobriu 15 milhões de km2 e foram tiradas 71.000 imagens. O satélite tem 10 anos de vida útil mínima estimada e...

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje