menú responsive
AMÉRICA | Empresas
-/5 | 0 votos

Lançadores de foguetes

Avibras Aeroespacial entrega 27 blindados Astros II a Exército Indonésio

Os lançadores Astros II MK.6 sendo descarregados no porto de Tanjung Priok, em Jacarta.

Os lançadores Astros II MK.6 sendo descarregados no porto de Tanjung Priok, em Jacarta.

19/06/2020 | Belo Horizonte

Roberto Valadares Caiafa

No dia 12 de junho último o navio de carga MV Tian Fu (bandeira de Hong Kong), atracou no porto de Tanjung Priok, em Jacarta, após partir do porto de Santos, no Brasil, trazendo vários veículos de combate lançadores de foguetes para o Exército Indonésio (Tentara Nasional Indonesia-Angkatan Darat ou em inglês TNI-AD "Indonesian National Military-Land Force").

Os vinte e sete veículos blindados lançadores de foguetes Astros II (Mk 6), fabricados pela Avibras Aeroespacial, serão utilizados pelo Comando de Reserva Estratégica do Exército Indonésio (Kostrad) e podem disparar artefatos de vários calibres e alcances.

Junto com a entrega desses veículos ocorreu o fornecimento de um lote expressivo de munições (foguetes).

Em 2012, a Indonésia encomendou, por US$ 350 milhões, 36 MLRS Atros II para equipar 2 batalhões de artilharia nas 1ª e 2ª Forças (Divisões) Kostrad.

Em 2018, foi formada a 3ª Divisão do Exército Kostrad, com batalhões posicionados em Sulawesi e Papua.

Uma das possibilidades de emprego é que esse lote de veículos seja destinado a esse grande comando do Exército Indonésio.

A outra possibilidade é que esses veículos reforcem as 1ª e 2ª Divisões Kostrad, após estas enviarem diversos MLRS Astros II para a ilha de Natuna.

Desde a tensão entre a Indonésia e a China causada pelo Mar do Norte de Natuna, o Exército Indonésio transferiu 14 unidades de veículos lançadores para Natuna.

O 1º Batalhão Composto (Gardapati Kodam I Bukit Barisan) que supervisiona as regiões de Sumatra do Norte, Sumatra Ocidental, Riau e as Ilhas Riau, é o operador desses Astros II.

Desde a assinatura da compra de 36 unidades Astros II, o Ministério da Defesa Indonésio não tornava público compras de mais lotes do MLRS Astros II.

Em fevereiro de 2019, isso mudou quando o vice-chefe do Estado Maior do Exército Indonésio (designação WAKASAD), tenente-general Moch Fachrudin fez uma visita à planta fabril da Avibras no Brasil para garantir que os novos pedidos indonésios fossem concluídos a tempo.

Os Exércitos do Brasil e da Indonésia realizam um intenso intercâmbio na formação de oficiais e graduados da arma de artilharia envolvidos com o Sistema Astros II.

 

ImagensTentara Nasional Indonesia-Angkatan Darat/PK Defense Studies

 

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje