menú responsive
AMÉRICA | Personas
-/5 | 0 votos

Entrevista da INFODEFENSA

C. Roux (Airbus): "No Brasil temos que ir além do que fizemos na Argélia com o Alsat-2" (y2)

Christophe Roux, vice-presidente sênior da Airbus Defence and Space para América Latina.

Christophe Roux, vice-presidente sênior da Airbus Defence and Space para América Latina.

25/07/2018 | Belo Horizonte

Roberto Caiafa

Vem de 'C. Roux (Airbus): "Cada vez mais países escolhem satélites duplos porque permitem dividir custos" (1)'

Os satélites de observação da Terra e os programas de transferência de tecnologia e coprodução compartilhada que os complementam são cada vez mais importantes na América Latina, onde eles têm alguns dos exemplos mais reconhecidos neste campo, como o PeruSAT-1, e especialmente no Brasil, onde estão pendentes o desenvolvimento de um robusto programa de satélites, flexível e capaz de ser colocado em operação com prazos apertados. Para saber mais sobre esses sistemas, a Infodefensa entrevistou Christophe Roux, vice-presidente sênior da Airbus Defence and Space para a América Latina, em uma entrevista que foi dividida em duas partes devido à sua extensão. A segunda e última parte desta entrevista é reproduzida abaixo.

Pode a experiência adquirida com o Peru ajudar na definição das demandas militares brasileiras?

O programa PeruSAT-1 é, de fato, referência em diferentes aspectos...

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje