menú responsive
AMÉRICA | Empresas
-/5 | 0 votos

Esquadrão Pelicano completa 63 anos de operações.

Airbus entrega o terceiro C295 Amazonas SAR para o Brasil

pelicano1

16/12/2020 | Belo Horizonte

Roberto Valadares Caiafa

A Força Aérea Brasileira (FAB) recebeu em Sevilha, na Espanha, no último dia nove de dezembro, a terceira aeronave SC-105 Amazonas SAR ou Busca e Resgate (CASA 295), produzida pela Airbus Military.

Como Estado signatário da Organização de Aviação Civil Internacional, o Brasil cumpre normas e recomendações de “Busca e Salvamento” na FIR Atlântico (FIR do inglês Flight Information Region), uma extensa área de vigilância e busca sobre o Atlântico Sul.

O SC-105 Amazonas SAR é fundamental no cumprimento dessas missões, sendo equipado com um avançado sistema de gerenciamento de sensores e fusão de dados empregando radar com abertura sintética, imageamento por infravermelho e integração de sistemas.

O radar ELTA EL/M2022A é capaz de monitorar em 360 graus e simultaneamente até 640 alvos em um raio de 200 milhas náuticas (370 km), detectando e acompanhando alvos tão pequenos quanto um bote em movimento na superfície com até 75kts (139 km/h).

Além disso, o SC-105 Amazonas SAR pode captar imagens a cores com resolução de até um metro quadrado dentro de uma área de 2,5km x 2,5km e aproximá-la até 18 vezes, mesmo quando operando em ambiente de baixa luminosidade.

O modo de operação do sensor de infravermelho instalado na torreta do “queixo” da aeronave conta com zoom de 71x e detecção por contraste termal (diferença de temperatura) gerando uma imagem independente de luz ambiente.

O sistema pode gravar até seis horas de imagens.

Força Aérea Brasileira em Sevilha

 

A cerimônia de entrega contou com as presenças do Diretor-Geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), Tenente-Brigadeiro do Ar Heraldo Luiz Rodrigues, acompanhado do Presidente da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC), Major-Brigadeiro do Ar Valter Borges Malta, do Ministro-Conselheiro da Embaixada do Brasil em Madrid, Leandro Zenni Estevão, demais militares e funcionários da Airbus Espanha.

Sediado na Ala 5, em Campo Grande (MS), o Esquadrão Pelicano emprega as aeronaves SC-105 Amazonas SAR e H-60 Black Hawk em ações de Busca e Salvamento, Busca e Salvamento em Combate, Evacuação Aeromédica, Transporte Aéreo Logístico, Socorro em voo, Infiltração e Exfiltração Aérea.

Imagens: Airbus Military/Força Aérea Brasileira.

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje