Brasil destina 500 milhões de dólares para programas prioritários de suas Forças Armadas em 2023
EDICIÓN
| INFODRON | INFOESPACIAL | MUNDOMILITAR | TV
Brasil (Portugués) >

Brasil destina 500 milhões de dólares para programas prioritários de suas Forças Armadas em 2023

CAPA ORCAMENTO 2023
|

A Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) aprovou no último dia 10 de novembro as emendas do colegiado ao Orçamento da União para 2023. 

O destaque são as verbas, no montante de quase R$ 2,7 bilhões, destinadas a programas prioritários do Exército, Marinha e Aeronáutica.

Na divisão das verbas, a CRE destina R$ 1,9 bilhão à Aeronáutica, para que seja dada continuidade ao projeto FX-2, que é a aquisição de 36 caças Gripen da empresa sueca SAAB

GRIPEN RECORTADO

A Força Aérea já recebeu cinco caças Gripen E monopostos. Foto: Roberto Caiafa

Esses caças já começaram a ser entregues, e o projeto será finalizado nos próximos anos. 

A Força Aérea Brasileira já recebeu cinco exemplares monopostos, sendo quatro entregues em 2022. 

Essa aeronaves estão sendo utilizadas em intenso programa de desenvolvimento final necessário antes das aeronaves adquirirem a sua capacidade operacional inicial (IOC), previsto para ser alcançado em 2025.

Outros R$ 525 milhões são destinados à Marinha, visando a construção de submarinos convencionais. 

Com dois submarinos completados (um em operação), a Marinha do Brasil deverá ter a sua frota prevista de quatro submarinos diesel-elétricos modernos completada e entregue entre 2025 a 2026  

32455856198 f3ec356609 o

O primeiro submarino do PROSUB, o S-40 Riachuelo. Foto: Roberto Caiafa

A CRE também destina mais R$ 150 milhões ao Exército, visando à implantação do sistema de aviação da Força. 

Com a decisão de trocar os últimos helicópteros do Programa HX-BR destinados a Força por mais recursos de mantenimento e suporte da frota existente, garantiu-se a operacionalidade da Aviação do Exército no curto prazo. 

Demandas antigas da Força, como um inédito helicóptero de ataque, ainda vão ter de aguardar condições orçamentárias mais favoráveis no médio prazo.

Um HM-4 Jaguar transporta um veículo 4x4 como carga externa Foto: Roberto Caiafa

Os dois últimos exemplares do HM-4 Jaguar foram trocados por peças, insumos e componentes para manter a frota de helicópteros H-225M com boa disponibilidade. Foto: Roberto Caiafa 

Outros R$ 50 milhões serão destinados ao Ministério da Defesa, para a implementação de infraestrutura básica nos municípios integrados ao Programa Calha Norte (PCN), que trata da presença das Forças Armadas na Amazonia Brasileira. 

O PCN abrange, hoje, 442 municípios de 10 Estados: Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. 

Nas regiões onde atua, o PCN engloba 85% da população indígena brasileira, em área correspondente a 99% da extensão das terras indígenas.

Por fim, as emendas da CRE também destinam mais R$ 200 milhões ao Ministério da Economia, tratando de contribuições a organismos internacionais dos quais o Brasil faz parte, como a ONU, por exemplo, cujos pagamentos estavam atrasados. 



Recomendamos


Lo más visto