SISFRON é apresentado na Usina de Itaipu, fronteira do Brasil com o Paraguai
EDICIÓN
| INFODRON | INFOESPACIAL | MUNDOMILITAR | TV
Defensa (Portugués) >

SISFRON é apresentado na Usina de Itaipu, fronteira do Brasil com o Paraguai

Billy linhas trans 3
|

(Infodefensa.com) R. Caiafa, Sao Paulo - O Núcleo de Fronteira da região de Foz do Iguaçu, na fronteira Brasil-Paraguai, orgão coordenado pela Usina Binacional de Itaipu (maior usina hidrelétrica do mundo), acaba de ganhar um importante aliado. É o Sistema de Monitoramento Integrado das Fronteiras Terrestres (Sisfron), apresentado na Itaipu, na última quarta-feira (1º), com a presença de diversas autoridades dos organismos de defesa do País.

Um projeto piloto desse programa do Ministério da Defesa deverá ser implantado na região de Foz, beneficiando diretamente a revitalização dessa área. Conforme explica o Coronel Adair Luiz Pereira, chefe da Assessoria de Informações da Diretoria-Geral da Itaipu, o Sisfron deverá garantir a segurança do parque linear, pois reforça o combate às principais atividades ilícitas da fronteira.

O Sisfron foi apresentado pelo coordenador do programa, o general João Roberto de Oliveira. O sistema, que prevê um longo prazo de implantação (dez anos), abrangerá toda a faixa de fronteira terrestre do Brasil (16.886 km x 150 km). A fase inicial deverá ser implantada neste ano e compreende a fronteira terrestre com o Paraguai, nos estados do Paraná e do Mato Grosso do Sul.

O programa compreende o adensamento das Forças Armadas na região, com maior efetivo e novas bases; modernização de equipamentos; aumento dos investimentos em prevenção, controle, fiscalização e repressão dos delitos; atuação integrada dos órgãos de defesa; logística; sistemas de vigilância e sensoriamento remoto; capacitação da indústria nacional de defesa, principalmente em termos tecnológicos; entre outras metas.



Recomendamos