menú responsive
AMÉRICA | Empresas
-/5 | 0 votos

OPINIÃO / Análise Infodefensa.con

O Porta Aviões que o Brasil quer

0 A 12 Foto Marinha do Brasil

17/03/2014

(Infodefensa.com) Por Roberto Valadares Caiafa. O NAe (navio-aeródromo) A-12 São Paulo foi adquirido da França e colocado em serviço pela Marinha do Brasil no final do ano 2000, substituindo o veterano A-11 Minas Gerais, um projeto da 2ª guerra mundial reformado na Europa no pós-guerra antes de ser incorporado à esquadra em 1961. Dois anos depois, em julho de 1963, seu futuro substituto, o então Foch, entrava em serviço na Marinha Francesa.

Para compor a ala aérea embarcada do NAe São Paulo, a Marinha do Brasil adquiriu 23 jatos navais A4K/KU Skyhawk do Kuwait, e treinou seus aviadores navais em asas fixas dividindo sua formação entre a Força Aérea Brasileira (FAB) e a Marinha Estadunidense (US Navy). Surgia o Esquadrão VF-1.

Um resumo bem sucinto de 14 anos de operação do navio, sendo que os últimos não foram livres de problemas como incêndios, explosões e baixas na tripulação, durante um longo e

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje