menú responsive
AMÉRICA | Sistemas
-/5 | 0 votos

Brasil prepara time de operadores e técnicos

SGDC subirá ao espaço em 2016

Thales SGDC Imagem Visiona

20/08/2015 | São Paulo

Roberto Caiafa

Em desenvolvimento na França pela Thales Alenia Space, sob coordenação da Visiona Tecnologia Espacial e fiscalização das equipes da Telebras e do Ministério da Defesa, o Satélite Geoestacionário Brasileiro de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC) será lançado em 2016 por um foguete Ariane 5 a partir da base de Kourou, na Guiana Francesa, para atender demandas de comunicações militares e civis.

A construção do satélite, segundo o Ministério da Defesa brasileiro, está orçada em R$ 1,7 bilhão, sendo considerada estratégica para garantir a soberania das comunicações governamentais e assegurar o fornecimento de internet banda larga aos municípios distantes e isolados e aos Pelotões Especiais de Fronteira e unidades usuárias do Sistema de Monitoramento e Vigilância de Fronteiras (SISFRON).

A vida útil do equipamento será de aproximadamente 15 anos, e o projeto está sendo desenvolvido em conjunto pelos ministérios das Comunicações, da Defesa e da Ciência,

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje