menú responsive
AMÉRICA | Armada
-/5 | 0 votos

Não houve danos ao barco

Submarino Riachuelo do Brasil sofre inundação durante manobra de rotina

O S-40 Riachuelo no cais do Estaleiro de Construção em Itaguaí. Foto: Roberto Caiafa

O S-40 Riachuelo no cais do Estaleiro de Construção em Itaguaí. Foto: Roberto Caiafa

12/03/2021 | Belo Horizonte

Roberto Valadares Caiafa

Em 11 de março de 2021, a Marinha do Brasil informou por meio de nota oficial que, as 10h45 AM, durante uma manobra de rotina para a realização de manutenção de equipamentos, o submarino S-40 Riachuelo, que encontrava-se atracado no Estaleiro de Construção em Itaguaí, adquiriu inclinação de casco a vante, provocando o embarque de água salgada no porão do compartimento da proa.

O treinamento dos submarinistas fez a diferença, e prontamente a tripulação reestabeleceu a condição de segurança do S-40 e iniciou a limpeza dos compartimentos afetados. Não houve acidente de pessoal (sem feridos).

Procedeu-se a uma inspeção abaixo da linha dágua com emprego de uma equipe de mergulho, não sendo verificadas avarias na estrutura. O Riachuelo permanece atracado, em segurança, conduzindo pesquisa de avarias. Segundo declarou o Centro de Comunicação Social da Marinha, não foram identificados danos ao submarino.

Ainda não foi possível avaliar por quanto tempo o Riachuelo ficará indisponível, mas acredita-se que a campanha para disparo de torpedos F.21 e mísseis Exocet, prevista para acontecer nessa fase final de testes antes do submarino entrar oficialmente em serviço, deverá sofrer um considerável atraso.

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje