Laerte de Souza, novo chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas do Brasil
EDICIÓN
| INFODRON | INFOESPACIAL | MUNDOMILITAR | TV
Sin categoría >

Laerte de Souza, novo chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas do Brasil

Capa EMCFA 2021
|

Na Cerimônia Militar de transmissão do cargo de Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA) realizada no Ministério da Defesa, em Brasília (DF), o Tenente-Brigadeiro do Ar Raul Botelho, primeiro representante da Força Aérea Brasileira (FAB) na chefia do EMCFA, passou o cargo ao General de Exército Laerte de Souza Santos.


Participaram da solenidade o Ministro da Defesa, Walter Souza Braga Netto, os comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica e oficiais-generais das três forças.

O Ministro da Defesa agradeceu ao trabalho do Tenente-Brigadeiro Botelho, pelo profissionalismo e dedicação e, desejou sucesso ao novo Chefe. "Como constatamos, o EMCFA é um braço operacional do nosso Ministério que está mais colimado com as Forças Singulares no objetivo de evolução da doutrina conjunta para o fortalecimento de nossa capacidade operacional dissuasória. Brigadeiro Botelho, missão cumprida O Ministério da Defesa e o Brasil agradecem o trabalho desenvolvido. Desejo ao meu prezado amigo, General Laerte, muita sorte para desenvolver e aperfeiçoar os trabalhos do EMCFA, ajudando a manter a contínua projeção da pasta de defesa em âmbito Nacional e Internacional”, destacou o Ministro.

Ao entregar o cargo, o Tenente-Brigadeiro Botelho se despede do serviço ativo da FAB.

O chefe do EMCFA, entre outras tem responsabilidades, tem a competência de chefiar a elaboração do planejamento do emprego conjunto das Forças Armadas e assessorar o Ministro da Defesa no planejamento das operações e exercícios conjuntos, como em operações de paz.



Recomendamos