menú responsive
AMÉRICA | Defensa
-/5 | 0 votos

Wagner voa em um AH-2 Sabre

Brasil construiu uma base aérea na Amazônia com capacidade para fututo Embraer KC-390

MD PV Foto MD2

30/03/2015 | Sao Paulo

Roberto Caiafa

O ministro da Defesa, Jaques Wagner, inaugurou novo destacamento da Força Aérea Brasileira (FAB) na Amazônia, localizado em Eirunepé, região do Alto Juruá, a 1.100 quilômetros de Manaus (AM). A instalação, localizada na fronteira do Brasil com a Colômbia e o Peru, tem uma pista de pouso e decolagem de 2.300 metros e se reveste de importância estratégica, pois pode operar jatos de combate e aviões de transporte de grande porte como o futuro Embraer KC-390. Eirunepé permitirá à FAB, além de melhor apoio logístico, maior integração com as comunidades da região, uma vez que aeronaves e militares terão oportunidade de promover ações sociais e humanitárias, em apoio a órgãos governamentais.

Em sua viagem ao Norte do país, o ministro aproveitou para visitar a Base Aérea de Porto Velho, onde conheceu o helicóptero AH-2 Sabre, do Esquadrão Poti.  Jaques Wagner disse que o helicóptero

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje